'Pessoas que roncam sempre dormem primeiro :(' Triste Verdade

Terror Noturno - Causas, sintomas e tratamentos

Capa post - Terror Noturno - Causas, sintomas e tratamentos

Texto: Postado em Distúrbios do sono por Marcelo Morais no dia 31 de Outubro de 2016 e última atualização dia 06 de Julho de 2018 .

“Dentro de quinze minutos de seu filho adormecer, ele provavelmente irá entrar em seu sono mais profundo da noite. Este período de sono de ondas lentas ou sono não-REM  profundo, normalmente dura de 45 a 75 minutos. Neste momento, a maioria das crianças farão a transição para uma fase mais leve do sono ou vão acordar brevemente antes de voltar a dormir. Algumas crianças, no entanto, ficam presas, ou seja, incapazes de sair completamente do sono de ondas lentas. Presas entre fases, estas crianças experimentam um período de despertar parcial”, explica o Dr. Greene (pediatra)[1].

Diante desse cenário de ocorrência indesejada durante o sono, o artigo tem como objetivo explicar melhor o que é o Terror Noturno, bem como causas, sintomas e tratamentos. Sendo assim, surge abaixo a curiosidade desse distúrbio no sono.

O que é Terror Noturno?

Terrores noturnos são episódios de gritos, medo intenso e agito enquanto ainda dormindo. Também conhecido como terrores de sono, muitas vezes são combinados com sonambulismo. Assim como o sonambulismo, terrores do sono são considerados uma parasomnia, ou seja, um transtorno durante o sono [2].

Os terrores noturnos são mais comuns em crianças, ocorre com cerca de 5% de todas as crianças, e pode começar aos 9 meses de idade, no entanto, eles também podem afetar os adultos. Um episódio de terror noturno geralmente dura de segundos a minutos e é raro que seja mais de 15 minutos. Depois que o episódio passa a criança volta a dormir, e, no dia seguinte, não se lembrará de nada [2][3].

Mas o terror noturno não é o mesmo que pesadelo?

Os pesadelos ocorrem durante a fase do sono conhecida como REM (rapid eye movement ou movimento rápidos dos olhos), conhecido como o estágio em que a pessoa sonha. Após um pesadelo, a criança tem ideia do motivo de estar assustada e, após os 2 anos de idade começa a explicar o sonho. Outro ponto que acontece com os pesadelos é que a criança pode ficar com medo de voltar a dormir, e no dia seguinte consegue se lembrar de que teve um sonho ruim [3].

Quais as causas do Terror Noturno?

As causas do terror noturno podem ser [4]:

  • Febre.
  • Falta de sono.
  • Períodos de tensão emocional, estresse ou conflitos.

Lembrando que terrores noturnos são mais comuns em crianças e em adultos podem ocorrer, especialmente quando há tensão emocional ou uso de álcool.

Quais os sintomas do Terror Noturno?

Os sintomas do terror noturno podem ser caracterizados como [5]:

  • Os terrores noturnos geralmente ocorrem 1/2 hora a 3,5 horas depois de amanhecer. Pesadelos ocorrem normalmente durante a última parte do sono, geralmente na madrugada.
  • Durante os episódios as pessoas acordam de repente, suando muito, coração acelerado, olhos vidrados e gritos de medo. Elas podem não estarem cientes com os seus arredores e não respondem às tentativas de conforto.
  • Geralmente, eles não lembram o que os assustou e raramente uma pessoa irá reter uma imagem vaga do que aterrorizou.

Como o Terror Noturno é diagnosticado?

Ao fazer um diagnóstico de Terror Noturno, o seu médico perguntará sobre seus hábitos de sono, a quantidade de sono que você tem a noite, se você acorda durante a noite, e se você cai no sono durante o dia. Seu médico também vai querer saber se você tem problemas emocionais ou está tomando drogas que possam estar interferindo com o seu sono [5].

Além disso, seu médico também poderá solicitar alguns exames, incluindo análises de sangue, um electroencefalograma (EEG), que é um teste para medir a atividade cerebral, ou seja, se uma desordem de apreensão é suspeita, ou até mesmo um teste do sono chamado polissonografia [5].

Qual é o Tratamento do Terror Noturno?

Normalmente os casos de terror noturno não precisam de tratamento, apenas de medidas de prevenção para evitar que a criança se machuque. Eles tendem a desaparecer por completo quando ela cresce. Durante os eventos, os pais não devem restringir a atividade motora da criança, pois isso pode prolongá-los [6].

Se os episódios de terror noturno forem ocasionados por outras condições de saúde, como apneia do sono, refluxo ou estresse, o tratamento dependerá daquilo que está ocasionando com o problema [6].

Também é importante que a pessoa siga uma regularidade nos horários de dormir e despertar, além de deixar o quarto desobstruído e janelas firmemente trancadas [6].

Além disso, crianças com terrores noturnos geralmente exigem apenas de conforto. Se uma criança não está respondendo durante os terrores noturnos, os pais não devem tentar acordar a criança. Normalmente, a criança voltará a dormir depois [7].

As técnicas de relaxamento ou terapia da conversa pode ajudar uma pessoa a lidar com o estresse que causam terror noturno. Em casos raros e graves o médico poderá prescrever medicação [7].

Terror Noturno tem relação com Paralisia do Sono?

Embora Terror Noturno e Paralisia do Sono tenham condições semelhantes, ambos não tem relação, pois, cada um pode ter seus elementos que aterrorizam, seja experimentado pela pessoa que o tem ou, por aqueles que testemunham [8].

De acordo com os princípios de Terror Noturno e Paralisia do Sono e a fim de melhor compreender essas distinções, vamos citar alguns que merecem destaques [8].

  • Terror Noturno pode afetar os adultos, mas, ele normalmente afeta as crianças. Por outro lado, a paralisia do sono, geralmente começa na adolescência e persiste até a idade adulta.
  • Terror Noturno não é lembrado pela criança e a Paralisia do Sono é lembrada em detalhes.

Assim, as diferenças citadas acima mostram que Terror Noturno não tem relação com Paralisia do Sono, e essas condições podem ser diferenciadas pelos sintomas.

Fontes e Referências
[1] http://www.drgreene.com/qa-articles/what-are-night-terrors/
[2] http://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/night-terrors/basics/definition/con-20032552
[3] http://brasil.babycenter.com/a3400227/terror-noturno
[4] https://medlineplus.gov/ency/article/000809.htm
[5] http://www.americansleepmedicine.com/sleep-disorders/night-terrors/
[6] http://www.minhavida.com.br/saude/temas/terror-noturno
[7] http://www.healthline.com/health/night-terrors#Symptoms4
[8] https://www.verywell.com/is-it-sleep-paralysis-or-a-night-terror-3014767

Comentários

Leia também...

Acordando cansado? O que pode ser?

Quando não conseguimos dormir, sabemos de cor todas as consequências de dormir mal. Mas e quando conseguimos dormir, porém acordamos esgotados, com a sensação de que não descansamos o suficiente apesar de ter dormido longas horas de sono? Nesse caso, o vilão do sono age de forma mais sutil, pois não rouba descaradamente o nosso descanso precio... Leia o artigo »

12/11/2017

Terror Noturno - Causas, sintomas e tratamentos

“Dentro de quinze minutos de seu filho adormecer, ele provavelmente irá entrar em seu sono mais profundo da noite. Este período de sono de ondas lentas ou sono não-REM  profundo, normalmente dura de 45 a 75 minutos. Neste momento, a maioria das crianças farão a transição para uma fase mais leve do sono ou vão acordar brevemente ant... Leia o artigo »

31/10/2016

Narcolepsia - O que é, sintomas, causas e tratamento

Você já ouviu falar de Narcolepsia? Neste artigo, iremos explicar o que é, suas causas, sintomas e possíveis tratamentos. Uma patologia do sono que pode atingir, em média, 1 entre 2 mil pessoas e, mesmo assim, ainda é circundada de mistérios e dúvidas. Portanto, este post busca auxiliar no melhor entendimento da Narcolepsia, e enfatizamos que ... Leia o artigo »

23/10/2016

Suor noturno, o que pode ser?

Anteriormente, escrevemos sobre 8 possíveis problemas que podem causar o suor noturno, mas a verdade é que o suor noturno - também chamado de hiperidrose noturna ou hiperidrose do sono - pode ser causado por dezenas de problemas de saúde. Desta vez, resolvemos fazer uma pesquisa mais extensa a fim de informar melhor nossos leitores e possivelmente dar um caminho pa... Leia o artigo »

09/07/2016

O que é e quais as soluções para o Bruxismo?

Parte das pessoas provavelmente trincam, moem, rangem e apertam de forma forte os dentes de tempos em tempos, ocasionalmente isso é normal, porém, quando ocorre regularmente a ponto de prejudicar os dentes, deixar a mandíbula dolorida e até causar dor de cabeça, você tem um problema que deve ser tratato. Isso é chamado bruxismo. Embora muitas vezes s... Leia o artigo »

10/05/2016