'Mentes cansadas não planejam bem. Durma primeiro, planeje depois.' Dalai Lama

Qual o tempo ideal por noite?

Capa post - Qual o tempo ideal por noite?

Texto: Postado em Estudos e Notícias por Mateus no dia 25 de Setembro de 2018 .

Cientistas descobriram que o tempo ideal uma noite bem dormida é de 6 a 8 horas de sono, resultando em benefícios para a saúde e o coração. Ultrapassar esse tempo ou diminuir pode se tornar muito prejudicial para à saúde. As conclusões das pesquisas foram apresentadas neste ano no Congresso ESC.

A autora do estudo, Epameinondas Fountas, do Centro de Cirurgia Cardíaca Onassis, Atenas, Grécia, disse: "Passamos um terço de nossas vidas dormindo, mas sabemos muito pouco sobre o impacto dessa necessidade biológica no sistema cardiovascular".

Os pesquisadores analisaram e estudaram a relação entre a duração do sono e doenças cardiovasculares através da combinação de estatísticas de estudos anteriores sobre o mesmo tema. As estatísticas incluíam estudos anteriores feitos com mais de 1 milhão de adultos sem doenças cardiovasculares publicado nos últimos 5 anos.

Os cientistas formaram dois grupos, um com sono curto (menos de seis horas) e outro com sono noturno muito longo (mais de oito horas), ambos foram comparados ao grupo referência (seis a oito horas).

Os estudiosos descobriram que tanto os adultos com sono curto quanto os com sono longo apresentaram um risco maior de desenvolver ou morrer doença arterial coronariana ou derrame. Em comparação com adultos que dormiam de seis a oito horas por noite, os adultos que dormiam pouco ou muito aumentaram de 11% a 33%, respectivamente, o risco de desenvolverem ou morrerem de doença arterial coronariana ou acidente vascular cerebral em um intervalo médio de 9,3 anos.

Dr. Fountas conclui: "Nossas descobertas sugerem que muito ou pouco sono pode ser ruim para o coração. Contudo, mais pesquisas serão necessárias para esclarecer exatamente o por quê. Com essa pesquisa descobrimos que o sono influencia processos biológicos como o metabolismo da glicose, pressão arterial e inflamação - todos os quais têm um impacto na doença cardiovascular ".

Fonte:
https://www.sciencedaily.com/releases/2018/08/180826120746.htm

Comentários

Leia também...

Seu quarto é confortável o bastante para dormir?

Você se alimenta bem, bebe bastante água, pratica exercícios, não fica muito tempo em telas de computadores, TVs e etc e mesmo assim não consegue dormir bem a noite? Quer dormir que nem um bebê todas as noites e já fez tudo para dormir bem e mesmo assim continua a não ter um sono repousante e tranquilo? Um estudo feito pela Funç... Leia o artigo »

07/02/2016

Insônia gera US$ 31 bilhões em prejuízos

Um novo estudo promovido indica que a insônia deu causa a 274,000 erros, o que causou um prejuízo de mais de US$31 bilhões devido à acidentes e erros no local de trabalho em um período de 12 meses. Os pesquisadores usaram dados da American Insomnia Survey (AIS), que consistiam em resultados de pesquisas telefônicas feitas em todo país com 10.094 ameri... Leia o artigo »

27/09/2018

Dormir mal engorda?

Pular uma única noite de sono causa mudanças na atividade cerebral, o que desperta a necessidade de consumir mais gordura durante o dia, segundo a descoberta feita por um estudo. Este mesmo estudo aponta a diferença entre a falta de sono e o risco de obesidade.  “A principal descoberta desse estudo é que uma única noite de sono perdida ou de pouco sono... Leia o artigo »

06/03/2015

A qualidade do sono infantil está ligada à insônia das mães

Conforme pesquisas realizadas pela Universidade de Warwick e a Universidade de Basilea [1], meninos e meninas costumam dormir mal se suas mães sofrem de insônia – problema que pode afetar o desenvolvimento mental e o bem-estar infantil.  Nos estudos em questão, foram analisadas cerca de 200 crianças saudáveis entre 7 - 12 anos (idade escolar), incluindo... Leia o artigo »

24/04/2019

Noite de sono ruim resulta em ganho de peso e perda muscular

Uma noite de sono mal dormida pode acarretar em consequências mais severas do que apenas o cansaço no dia seguinte. De acordo com um estudo promovido pelo Dr. Jonathan Cedernaes, da Universidade Feinberg, Chicago, quando os homens adultos abrem mão de uma noite de sono regular, seus corpos apresentam mudanças hormonais que promovem o ganho de peso e a perda muscular. No ... Leia o artigo »

20/09/2018