'Mentes cansadas não planejam bem. Durma primeiro, planeje depois.' Dalai Lama

Qual o tempo ideal por noite?

Capa post - Qual o tempo ideal por noite?

Texto: Postado em Estudos e Notícias por Mateus no dia 25 de Setembro de 2018 .

Cientistas descobriram que o tempo ideal uma noite bem dormida é de 6 a 8 horas de sono, resultando em benefícios para a saúde e o coração. Ultrapassar esse tempo ou diminuir pode se tornar muito prejudicial para à saúde. As conclusões das pesquisas foram apresentadas neste ano no Congresso ESC.

A autora do estudo, Epameinondas Fountas, do Centro de Cirurgia Cardíaca Onassis, Atenas, Grécia, disse: "Passamos um terço de nossas vidas dormindo, mas sabemos muito pouco sobre o impacto dessa necessidade biológica no sistema cardiovascular".

Os pesquisadores analisaram e estudaram a relação entre a duração do sono e doenças cardiovasculares através da combinação de estatísticas de estudos anteriores sobre o mesmo tema. As estatísticas incluíam estudos anteriores feitos com mais de 1 milhão de adultos sem doenças cardiovasculares publicado nos últimos 5 anos.

Os cientistas formaram dois grupos, um com sono curto (menos de seis horas) e outro com sono noturno muito longo (mais de oito horas), ambos foram comparados ao grupo referência (seis a oito horas).

Os estudiosos descobriram que tanto os adultos com sono curto quanto os com sono longo apresentaram um risco maior de desenvolver ou morrer doença arterial coronariana ou derrame. Em comparação com adultos que dormiam de seis a oito horas por noite, os adultos que dormiam pouco ou muito aumentaram de 11% a 33%, respectivamente, o risco de desenvolverem ou morrerem de doença arterial coronariana ou acidente vascular cerebral em um intervalo médio de 9,3 anos.

Dr. Fountas conclui: "Nossas descobertas sugerem que muito ou pouco sono pode ser ruim para o coração. Contudo, mais pesquisas serão necessárias para esclarecer exatamente o por quê. Com essa pesquisa descobrimos que o sono influencia processos biológicos como o metabolismo da glicose, pressão arterial e inflamação - todos os quais têm um impacto na doença cardiovascular ".

Fonte:
https://www.sciencedaily.com/releases/2018/08/180826120746.htm

Comentários

Leia também...

Estudo mostra que memória tem um fascinante efeito no sono

A memória é prejudicada quando não temos uma boa noite de sono. Porém, dormir o suficiente e ter um sono de alta qualidade é essencial para transformar a memória, que de curto-prazo passa a ser de longo-prazo.  Sabemos como o sono afeta a memória, mas não ainda não sabemos como a memória afeta o sono. De acordo com uma teor... Leia o artigo »

25/01/2015

Estudo mostra que pouco sono está ligado à doença de Alzheimer

Cientistas da UC Berkeley descobriram evidências convincentes de que o sono precário - particularmente um déficit do sono profundo e restaurador necessário para salvar as informações das memórias - é um canal através do qual a proteína beta-amilóide, que desencadeia a doença de Alzheimer, ataca o cérebro a lo... Leia o artigo »

30/10/2018

Terapia com CPAP reduz os sintomas da depressão

Estudos científicos [1] detectaram os sintomas da depressão em pessoas que têm apneia do sono. A ligação entre estas doenças é algo muito comum. Porém, foi comprovado que a terapia com aparelho CPAP serve para diminuir consideravelmente os sinais da depressão, como também para tratar a temida apneia do sono. Resultados comprovara... Leia o artigo »

24/06/2019

Hipnose pode ajudar no sono

Estudos descobriram que pessoas suscetíveis à hipnose podem ter um sono melhor depois de uma sessão rápida de hipnose, dizem pesquisadores suíços. Depois de fazer uma sessão de hipnose através de um áudio, 80% das mulheres que fizeram a sessão passaram mais tempo na fase de sono profundo comparadas àquelas que não ... Leia o artigo »

04/02/2015

Insônia gera US$ 31 bilhões em prejuízos

Um novo estudo promovido indica que a insônia deu causa a 274,000 erros, o que causou um prejuízo de mais de US$31 bilhões devido à acidentes e erros no local de trabalho em um período de 12 meses. Os pesquisadores usaram dados da American Insomnia Survey (AIS), que consistiam em resultados de pesquisas telefônicas feitas em todo país com 10.094 ameri... Leia o artigo »

27/09/2018