'Dormir é a melhor meditação.' Dalai Lama

Pessoas de sucesso valorizam as horas de sono: mito ou verdade?

Capa post - Pessoas de sucesso valorizam as horas de sono: mito ou verdade?

Texto: Postado em Curiosidades por Caio Cesar no dia 02 de Abril de 2019 .

Imaginar os frutos do reconhecimento cultiva em nós doces sonhos. Homens e mulheres de sucesso inspiram tais pensamentos, embora às vezes não percebamos seus reais sacrifícios. Em meio a tanto trabalho e dedicação, como as celebridades lidam com o sono? Será que elas reconhecem a importância do descanso noturno?

Nesse artigo, além de esclarecermos estas dúvidas, apresentaremos informações interessantes, perfeitas para você que cuida do sono e ao mesmo tempo valoriza o conhecimento.

Boa leitura!

1 - Pessoas de sucesso valorizam as horas de sono?

Nesse tópico, temos uma pergunta cuja resposta vai de acordo com a vida de cada indivíduo. Também é relevante observar que nem todas as pessoas têm a capacidade de dormir diariamente sete horas, como é "recomendável". Sendo assim, podemos considerá-las menos capazes?

Para que você, caro leitor, possa tirar suas próprias conclusões e saber mais sobre a vida de homens e mulheres que alcançaram o reconhecimento em épocas diferentes, citaremos o nome de algumas figuras icônicas e sua respectiva rotina noturna. Vejamos:

Leonardo da Vinci - O inventor italiano praticava o sono polifásico, o que lhe permitia tirar uma soneca de vinte minutos a cada quatro horas.

Donald Trump - Atual presidente dos Estados Unidos, Trump dorme três horas por noite para manter-se em dia com seus inúmeros compromissos.

Winston Churchill - Ele era um líder que valorizava o tradicional cochilo, motivo pelo qual mantinha uma cama dentro do próprio Parlamento Britânico. Churchill atribuiu ao cochilo seu sucesso como líder, e isso o permitia trabalhar até tarde, possibilitando-o então alcançar a vitória em guerras importantes.

Nikola Tesla - O inventor croata teve problemas relacionados ao sono durante sua juventude. Seu padrão de sono fez com que ele sofresse um colapso mental aos 25 anos. Após conseguir se recompor, conseguiu continuar trabalhando por mais 38 anos.

Thomas Edson - Não diferente de outras personalidades que fizeram parte da História, Edson considerava o sono um “tempo perdido”. Também se trata de um homem que foi adepto do sono polifásico.

Wolfgang Mozart - Quem nunca ouviu falar neste excêntrico compositor? Mozart tinha o hábito de trabalhar até tarde, por volta de uma da manhã. Logo, dormia até as cinco horas e levantava-se para continuar compondo a manhã inteira.

Napoleão Bonaparte - Pode-se dizer que o imperador francês costumava dormir apenas quatro horas por noite. Tal qual Edson, Bonaparte acreditava que o sono era uma grande perda de tempo.

Sigmund Freud - O pai da psicanálise dormia seis horas por noite. É bem provável que isso acontecesse em virtude de experimentos feitos consigo mesmo. Freud também preenchia suas horas com o consumo excessivo de cigarros, de sorte que, ao longo de sua vida, necessitou fazer 33 cirurgias para a retirada de câncer em diferentes locais do corpo. 

Benjamin Franklin - A filosofia de vida adotada por este grande homem valoriza (e muito!) o hábito de levantar-se cedo. Não é à toa que uma de suas frases mais famosas se tornou um conselho para quem deseja alcançar a prosperidade: “Cedo na cama, cedo batente: faz o homem próspero, saudável e inteligente.” Até que não seria uma má ideia colocar este pensamento em prática.

Margaret Thatcher - Tornou-se conhecido o fato de Margaret Tchatcher dormir só 4 horas por noite. Isso, porém, causou certos problemas ao seu sucessor, John Major, uma vez que os serviços em torno da primeira-ministra passaram a funcionar habitualmente de acordo com sua rotina incomum de sono. 

Voltaire - O filósofo parisiense não pregava os olhos tão cedo. Sabe-se que Voltaire dormia regularmente apenas quatro horas por noite. Dizem que ele, igualando-se ao romancista Balzac, não dispensava um bom cafézinho, consumindo 40 xícaras todos os dias.

2 - Considerações finais

Ainda não existe uma receita ou fórmula infalível para alcançarmos o sucesso e tudo de bom que ele pode nos oferecer. Conforme a rotina noturna das personalidades que citamos acima, até podemos ver o quanto elas abriram mão do descanso para se dedicarem ao trabalho. Está valendo tê-las como fonte de inspiração para alcançarmos nossos objetivos, mas não deixemos de lado o zelo pela saúde e pelo bom sono.

Referências bibliográficas:
[1]https://www.themuse.com/advice/the-surprising-sleep-schedules-of-12-famous-and-successful-people

Comentários

Leia também...

O cheiro de dormir - Como a aromaterapia pode ajudar no sono

Problemas para dormir causam um impacto forte na qualidade da nossa vida. A frustração de não conseguir uma boa noite de sono é chata e pode causar um estilo de vida ruim, estresse, depressão, ganho de peso, cansaço físico e até emocional. Pensando nesses problemas e nos leitores do blog, cheguei a conclusão de mais uma forma que ... Leia o artigo »

24/11/2015

Sono, a fonte da juventude: mito ou verdade?

Pensar em fonte da juventude nos remete ao universo encantado das fábulas. No entanto, já dentro da realidade, a estória é outra... Enquanto não se encontra o manancial da vida, dá-se um jeitinho – correções feitas com Botox aqui, cirurgias plásticas lá... Contra as marcas do tempo, aposta-se muito em ideias mirabolantes e... Leia o artigo »

01/05/2019

Leite ajuda a dormir? Mito ou verdade?

Verdade! Beber leite morno antes de ir para cama pode ajudar você a dormir; isso porque o leite contém um aminoácido não fabricado pelo corpo chamado triptofano, que se converte em serotonina, que ajudar a relaxar os músculos e induz o sono. Para ter um efeito ainda mais positivo, você pode tomar seu copo de leite morno com uma colher de mel. O mel ir&a... Leia o artigo »

18/01/2014

O que sua posição de dormir diz sobre você

Será que existe uma relação entre a posição na qual você dorme e sua personalidade? Um estudo, feito pelo professor britânico Chris Idzikowski, sugere que nosso corpo pode nos dar pistas sobre nossa personalidade, mesmo quando estamos dormindo.  Chris Idzikowski entrevistou mil homens e mulheres, e encontrou uma correlação... Leia o artigo »

09/02/2014

Por que pessoas idosas dormem pouco?

Costuma-se dormir até tarde aos domingos – fato. Mas toda regra tem lá sua exceção: margem que serve de lugar comum para as pessoas acima dos 60 e poucos anos. Elas são as primeiras a saírem da cama. Afirmam dormir pouco e nós cremos à medida que escutamos o arrastar dos chinelos à noite inteira. A gente sabe que a ins&... Leia o artigo »

11/04/2019