'Por bons sonhos e belas noites de sono.' Dorminhoco.com

Sono, a fonte da juventude: mito ou verdade?

Capa post - Sono, a fonte da juventude: mito ou verdade?

Texto: Postado em Curiosidades por Caio Cesar no dia 01 de Maio de 2019 .

Pensar em fonte da juventude nos remete ao universo encantado das fábulas. No entanto, já dentro da realidade, a estória é outra... Enquanto não se encontra o manancial da vida, dá-se um jeitinho – correções feitas com Botox aqui, cirurgias plásticas lá...

Contra as marcas do tempo, aposta-se muito em ideias mirabolantes e o que antes era totalmente insuspeito, agora é alvo de novos questionamentos, como saber se o sono é fundamental para conservar a juventude.

Questão que, a princípio, vale muito a pena ser abordada em um artigo – e aqui está ele! Nas próximas linhas, vamos desvendar este mistério e apresentar informações que contribuirão para a qualidade do seu sono.  

Boa leitura!

1 - Sono, a fonte da juventude: mito ou verdade?

Estão enganados aqueles que buscam uma aparência naturalmente mais jovem através de métodos cirúrgicos. A chave para isso está em algo muito simples e gratuito – dormir. Acredita-se [1] que, levando em conta uma rotina de beleza, o sono assemelha-se à fonte da juventude. Observemos que “juventude”, aqui, não é sinônimo de imortalidade ou algo sobre-humano.

Tem mais a ver com uma beleza natural, que exala jovialidade, graças às horas de sono. Pode-se dizer que a quantidade de horas que passamos dormindo deve, também, ser considerada. Se você tem o hábito de deitar-se cedo, está no caminho certo rumo a uma aparência mais jovem e atraente.

2 - Sono X juventude

Como esta relação se dá? Assim: à medida que você dorme, seu corpo está trabalhando. O objetivo desse trabalho é repor o pH da pele, e esta série de benefícios é refletido no próprio colágeno. Quanto mais colágeno há na pele, terá ela menor chances de enrugar-se rapidamente. Porém, dormir cinco horas por noite em vez de sete fará com que sua pele tenha o dobro de linhas finas e um aspecto terrivelmente seco.  

Adultos mais velhos, acostumados a dormir mal, sofrem de algo chamado “envelhecimento biológico”. Basta-lhes passar apenas uma noite acordados - constatação científica comprovada!

Ainda durante o sono, o organismo aumenta o fluxo sanguíneo da pele, dando a ela um brilho saudável na manhã seguinte; há reequilíbrio na hidratação do corpo, de modo que a pele recupera sua humidade e, ao mesmo tempo, o excesso de líquido no organismo é preparado para, enfim, ser eliminado. Mas os benefícios não param aqui.

Dormir bem pode elevar a saúde capilar. Em outras palavras – biologicamente falando –, seus cabelos recebem uma série de benefícios durante o sono, pois o fluxo sanguíneo adicional enriquece os folículos capilares com vitaminas, minerais e nutrientes vitais, possibilitando um crescimento saudável. É importante notar que dormir pouco aumenta o nível de estresse e, em consequência, a queda de cabelo é inevitável.

3 - Considerações finais

Até aqui não nos faltaram bons argumentos para comprovar a esplêndida união que há entre o sono e a beleza rejuvenescida. Valorizar o repouso noturno é, digamos, um convite tentador para livrar-se dos cremes milagrosos, além de outros métodos caros e duvidosos que prometem devolver à pele sua antiga vitalidade.

De fato, dormir com qualidade é um tratamento estético que nunca sai de moda. Seus benefícios ultrapassam um simples “rostinho bonito” – o sono profundo e reparador ajuda a manter o peso, tonifica a concentração, estimula a criatividade, favorece o desempenho físico etc.

Por onde começar a busca pelo sono-da-beleza? Sugerimos um tour em nosso site, conferindo diversos artigos, onde você encontrará dicas e informações preciosas para uma noite de sono tranquilo e saudável. Sempre de portas abertas, nossa loja virtual também disponibiliza produtos de qualidade, como protetores auriculares, lençóis de seda, óleos essenciais e tudo que possa melhorar suas noites de descanso. Confira e tenha bons sonhos!

Referência bibliográfica:
[1] https://youarewhatyousleep.com/blogs/news/the-closest-you-may-get-to-the-fountain-of-youth

 

Comentários

Leia também...

Protetores auriculares causam infecção no ouvido?

Protetores auriculares têm se tornado um item cobiçado em um mundo tão barulhento. Eles estão disponíveis em diversas cores, tamanhos, materiais... É certo que inúmeras pessoas o usam a fim de driblar sons que incomodam, mas elas se esquecem de um detalhe importantíssimo: a saúde auditiva. Aliás, como anda sua audiçã... Leia o artigo »

12/12/2018

Será que o sexo ajuda a dormir?

Longe de qualquer trocadilho malicioso: nós sabemos que o sexo não sai da boca do povo. Fora da cama, ele entretém os curiosos, apimenta rodas de conversa, mexe com a imaginação dos solitários e é cultuado em todos os campos da arte. É claro que, em mais um de nossos artigos, não ficaríamos de fora! Nos parágrafos a segui... Leia o artigo »

28/06/2018

O que é o Jet Lag social?

Dormir tarde e acordar cedo: isto lhe parece ser algo familiar? Caso sua rotina seja assim, provavelmente ela é igual a de milhares de brasileiros. Talvez alguém diga que ter poucas horas de sono é comum em uma vida agitada, “produtiva”, ainda que terríveis consequências (pouco conhecidas...) possam afetar a saúde. Por acaso este fenômeno,... Leia o artigo »

29/10/2018

15 Mitos sobre o sono revelados

Por mais de 2.500 anos, o sono vem sendo estudado e, mesmo assim, sabemos muito pouco sobre suas razões, causas e efeitos. Apenas no século passado cientistas começaram a estudar afundo sobre a psicologia do sono. Em 1928, a eletroencefalografia (EEG) foi usada pela primeira vez para gravar a atividade cerebral durante o sono. Mais recentemente, a ressonância magné... Leia o artigo »

09/02/2014

Por que dormimos?

Seres humanos precisam dormir, todos sabem muito bem disso. Uma pessoa saudável passa, em média, 36% da sua vida dormindo. Sem o sono, nós ficamos de mau humor, preguiçosos, não conseguimos nos lembrar muito bem dos fatos que colocam nossas vidas em risco. Apesar de conhecermos os problemas relacionados à falta de sono, ninguém sabe&n... Leia o artigo »

28/01/2014