'Dormir bem é ter vida.' Dorminhoco.com

Mudanças no padrão de sono das crianças geram grandes impactos

Um estudo publicado na revista Pediatrics constatou que um pequeno aumento no tempo de descanso das crianças pode melhorar significativamente o comportamento delas, ao passo que a diminuição desse tempo pode causar o efeito inverso.

Esse novo estudo é a primeira investigação controlada dos efeitos do aumento e redução do sono no comportamento de crianças saudáveis na escola.

Os cientistas avaliaram 34 crianças, com idade entre 7 e 11 anos, e as dividiram em dois grupos, estendendo o sono de um e diminuindo o do outro na mesma proporção. Eles mediram a quantidade de sono que cada criança teve durante a noite e o quanto ela se mexia nesse período. Após, questionários foram entregues aos professores dessas mesmas crianças a fim de colher informações sobre seu humor e comportamento.

O grupo que teve o sono estendido dormiu 27 minutos a mais do que o normal, à medida que o grupo que teve o sono diminuído dormiu 54 minutos menos. Ambos os grupos mostraram mudanças significativas no comportamento. As crianças que dormiam mais eram bem menos temperamentais e obviamente estavam com menos sono. Contudo, as crianças que dormiam menos obtiveram pontuação pior dos professores e os pais afirmavam que elas pareciam bem mais sonolentas durante o dia.

Os resultados, logicamente, não são surpreendentes, todavia, o que surpreende é a pequena diferença de quantidade de sono entre as crianças e o período relativamente curto do estudo (os pesquisadores mudaram o ciclo do sono das crianças por apenas uma semana).

Notoriamente o sono faz total diferença no aprendizado das crianças, fazendo de cada minuto de descanso algo essencial. Os cientistas afirmam que o sono deve ser priorizado e seus eventuais distúrbios eliminados a fim de dar às crianças a melhor chance de sucesso na escola.

 

Fontes:
https://scitechdaily.com/small-changes-in-sleeping-patterns-have-a-big-impact-on-kids/
http://pediatrics.aappublications.org/content/early/2012/10/10/peds.2012-0564?sso=1&sso_redirect_count=1&nfstatus=401&nftoken=00000000-0000-0000-0000-000000000000&nfstatusdescription=ERROR%3a+No+local+token

Postado em Estudos e Notícias no dia 02 de Outubro de 2018

Comentários

Leia também...

Hipnose pode ajudar no sono

Estudos descobriram que pessoas suscetíveis à hipnose podem ter um sono melhor depois de uma sessão rápida de hipnose, dizem pesquisadores suíços. Depois de fazer uma sessão de hipnose através de um áudio, 80% das mulheres que fizeram a sessão passaram mais tempo na fase de sono profundo comparadas àquelas que não ... Leia o artigo »

04/02/2015

Genes que regulam o quanto sonhamos

O sono é um comportamento universal e extremamente vital para os animais. Em vertebrados superiores, como mamíferos e aves, o sono é classificado em duas fases: sono de movimento rápido dos olhos (REM, no qual ocorre os sonhos) e sono não REM. Durante o sono REM, nosso cérebro é tão ativo quanto quando estamos acordados, ao passo que acredita... Leia o artigo »

05/09/2018

Por que dormimos mal na primeira noite em um novo lugar?

A chamada FNE (Fisrt Night Effect), em tradução livre seria “efeitos da primeira noite de sono”, faz parte da vida dos seres humanos desde o tempo das cavernas. Contudo, a ciência por trás desse comportamento permaneceu um mistério durante muito tempo. O FNE é tão comum que os especialistas do sono sempre descartam os dados colhidos na pr... Leia o artigo »

18/09/2018