'Mentes cansadas não planejam bem. Durma primeiro, planeje depois.' Dalai Lama

Entenda mais sobre o ronco em crianças e respiração bucal

Já escrevemos uma matéria bem completa sobre o ronco em adultos aqui no blog, mas quantos de vocês, pais e mães, ficaram surpresos ao ouvirem seus filhos roncarem? Muitos, eu posso apostar!

Mas você provavelmente também já deve ter se perguntando se isso é normal ou se poderia representar algum problema para eles, correto? O sono permite que o corpo se recupere e se desenvolva. Porém, infelizmente, muitas crianças não estão tendo uma noite de sono adequada, o que diminui consideravelmente seu potencial genético. Acompanhe esse post para saber mais sobre as consequências do hábito de respirar pela boca e os efeitos do ronco em seus filhos.

1 - A respiração bucal e os seus efeitos na criança

A respiração bucal tem um efeito direto na saúde do seu filho e à medida que ele cresce e se desenvolve em comportamento e personalidade, ela tende a acompanhar a vida inteira do seu filho.

Aqui estão algumas consequências da respiração bucal:

1.1- Efeito nos dentes e aparelhos

A respiração através da boca faz com que os aparelhos ortodônticos do seu filho levem mais tempo para alinhar os dentes, tornando ainda mais difícil o trabalho do ortodontista. Os espaços entre os dentes ficam mais difíceis de reduzir e fechar, além de comprometer o alinhamento após a remoção dos aparelhos. As chances de seus filhos sofrerem recaídas ortodônticas são bastante altas e provavelmente eles precisarão usar aparelhos novamente no futuro.

1.2- Problemas na fala

Quando seus filhos respiram através da boca, eles têm mais dificuldades com a pronúncia de certos sons. O problema mais comum devido a isso são alterações na expressão facial. A respiração bucal provavelmente afetará o crescimento do seu filho, tornando suas características faciais menos proeminentes, com um rosto mais longo, olhos caídos e menor tônus muscular facial, juntamente com um paladar mais estreito e um maxilar menor, na maioria dos casos.

2 - Sinais para serem observados à noite

  • Se o seu filho ronca regularmente.
  • Se a respiração do seu filho for interrompida por suspiros ou pausas que duram mais de 10 segundos, e se ele solta uma grande quantidade de ar na expiração enquanto dorme.
  • Mostra-se inquieto com frequência.
  • Faz xixi na cama.

3 - Sinais para serem observados durante o dia

  • Eles têm muito sono durante o dia, pois não conseguem dormir à noite
  • Se o seu filho tem dificuldade para acordar de manhã, isso pode indicar que ele não está tendo um sono adequado, em qualidade e duração
  • Se eles adormecem durante o dia ou tendem a ficar mais reservados nestes períodos
  • Se eles têm dificuldades em termos de aprendizagem, comportamento ou problemas sociais
  • Eles estão frequentemente agressivos ou irritados
  • Se eles respiram principalmente através da boca
  • Como a respiração nasal afeta seus filhos, eles obtêm menos oxigênio
  • Redução na atenção
  • Maiores chances de sofrer de problemas sociais
  • Tendência a apresentar níveis mais elevados de ansiedade
  • Sentem mais sono durante o dia
  • Maiores chances de sofrerem de sintomas depressivos
  • Disfunções cognitivas
  • Problemas com pensamento lógico e memorização de coisas; descobriu-se que os níveis de oxigênio caem em crianças que roncam regularmente e, assim que esta obstrução é removida, os níveis de concentração aumentam

Como a respiração, o ronco e a apneia do sono em crianças estão Inter-relacionadas. No entanto, a respiração bucal e o ronco nas crianças não estão conectados, mas em muitos casos, isso é mais comum do que você pensa. O ronco habitual é uma forma leve de obstrução das vias aéreas conhecida como Respiração Desordenada Durante o Sono, que nunca deve ser considerada isoladamente, pois pode ser o início da apneia do sono, ou seja, o corpo do seu filho pode não receber oxigênio suficiente durante o sono.

4 - Estratégias de cuidados

  • Certifique-se de que seu filho pode respirar pelo nariz facilmente
  • Visitas odontológicas regulares desde a primeira infância
  • Faça os testes alérgicos dos seus filhos e, caso necessário, inicie o tratamento
  • Certifique-se de que a dieta do seu filho e o seu ambiente não estejam contribuindo para o aparecimento de reações alérgicas.
  • Visite o seu dentista e o informe se ele ainda estiver respirando pela boca.

A atitude mais importante que você pode ter é observar os hábitos diurnos e noturnos do seu filho e conversar com o dentista, que é o profissional qualificado para ajudar seu filho a resolver o problema.

Você pode ajudar muito o seu filho na busca da solução, nós aqui do blog o dorminhoco oferecemos toda a informação necessária para ajudá-los a identificar os sintomas. Mas lembre-se de que você deve informar ao seu dentista, que é o profissional qualificado para o correto diagnóstico e tratamento dessa condição.

Postado em Ronco no dia 03 de Janeiro de 2018 e última atualização dia 19 de Julho de 2018

Comentários

Leia também...

Como funcionam os dilatadores nasais?

Um dos dispositivos mais úteis para pessoas que sofrem com ronco constante ou tem apnéia do sono leve é o dilatador nasal, considerado também um dispositivo do tipo 'anti-ronco'. Nesse post vamos focar nos benefícios que um dilatador nasal pode trazer para pessoas que estão tentando evitar o ronco, mas o dispositivo que é responsável por... Leia o artigo »

10/02/2016

Dilatadores nasais chamam atenção em feiras de medicina

Uma notícia recente publicada na revista digital Sleep Review sobre dilatadores nasais nos chamou atenção, visto que trabalhamos e vendemos dilatadores nasais. Em feiras de medicina do sono recentes nos USA, os dilatadores nasais tem chamado atenção de dentistas, cientistas e médicos do sono. Apesar de não ser um produto para tratar diretamente a ap... Leia o artigo »

24/08/2016

O que fazer para parar de roncar?

Roncar é um dos maiores problemas que afetam o sono, é estimado que cerca de 40% dos homens e 30% das mulheres sejam efetados. Algumas vezes roncar pode ser o sintoma de problemas mais sérios de saúde como a apneia do sono, mas na grande maioria das vezes, roncar é o resultado de hábitos ruins e é com esse critério que resolvemos escrever ess... Leia o artigo »

14/01/2015