'A melhor ponte entre desespero e esperança é uma boa noite de sono.' Joseph Cossman

Protetores auriculares causam infecção no ouvido?

Capa post - Protetores auriculares causam infecção no ouvido?

Texto: Postado em Curiosidades e Diversos por Caio Cesar no dia 12 de Dezembro de 2018 .

Protetores auriculares têm se tornado um item cobiçado em um mundo tão barulhento. Eles estão disponíveis em diversas cores, tamanhos, materiais... É certo que inúmeras pessoas o usam a fim de driblar sons que incomodam, mas elas se esquecem de um detalhe importantíssimo: a saúde auditiva.

Aliás, como anda sua audição, leitor? Saiba que falaremos disso nos parágrafos a seguir, partindo da seguinte questão: protetores auriculares causam infecção no ouvido? Esclareceremos essa dúvida, como também apresentaremos, em linhas gerais, informações que valem a pena ser conferidas.

Boa leitura! 

1 - Protetores auriculares causam infecção no ouvido? 

O canal auditivo possui grande sensibilidade. Há o risco de machucá-lo seriamente quando usamos um simples cotonete, por exemplo. Isso é um fato comum. Mas a maioria dos protetores auriculares são feitos de material moldável, ajustando-se com facilidade ao tamanho do ouvido e não causando ferimentos. Ponto positivo!

Ainda assim, eles põem nossa saúde auditiva em risco? Existe a possibilidade de desenvolverem alguma infecção no ouvido?

Em princípio, podemos afirmar que usar protetores auriculares não significa, necessariamente, sofrer uma infecção auditiva. Porém, isso pode acontecer quando o usuário não higieniza de maneira correta os ouvidos e, assim, usa protetores auriculares com frequência. Não limpar esses pequenos utensílios também facilita o acúmulo de bactérias, aumentando as chances de haver infecções perigosas - a otite é uma delas.

A otite é qualquer processo inflamatório que se manifesta no ouvido. Há três tipos de otite: externa, média e interna. Quem sofre de otite apresenta quatro sintomas inflamatórios, como dor, vermelhidão, queimação e irregularidade na função auditiva. Além do uso inapropriado do protetor auricular, a otite também pode ser causada por uma gripe ou resfriado. O tratamento contra a otite pode ser feito com antibióticos ou analgésicos. Dentre as formas de prevenção, recomenda-se manter a orelha seca, por exemplo. Mas, em caso de otite média, deve-se diminuir o número de viroses (em outras palavras, tratar as infecções nasais). 

Se você sente dores no ouvido e tem dúvidas acerca disso, consulte o profissional responsável pela sua saúde.

Em certos casos, usar protetores auriculares com frequência dificulta a ventilação dos ouvidos, fato que também aumenta o risco de infecção. Lembre-se: a combinação entre humidade, calor e acúmulo de sujeira (tudo isso sob a pressão do protetor auricular) facilita o crescimento de fungos e bactérias.

2 - Protetores auriculares causam alergia?

Em geral, os protetores auriculares são feitos de espuma hipoalérgica: material que provoca pouca reação alérgica, também presente em determinados produtos higiênicos, como sabonetes e cremes. Outros protetores também são feitos de silicone hipoalérgico. Mas ainda há quem sinta coceira no ouvido enquanto os utiliza...

Digamos que essa “coceira” é causada pela superfície áspera do protetor auricular ou pelo uso excessivo de protetores, o que - como citado acima - dificulta a entrada e a saída de ar dos ouvidos, a ponto de causar transpiração e aumentar a irritabilidade.

Optar por protetores mais suaves pode diminuir o incômodo causado pela coceira. Portanto, experimente protetores de outras marcas até encontrar aquele que lhe seja mais confortável. Evite utilizá-los além do tempo necessário, ou isso causará transpiração, diminuindo o conforto.

3 - Saúde auditiva e protetores auriculares (dicas)

 Pontuaremos abaixo dicas que orientarão você a preservar sua saúde auditiva em relação aos protetores auriculares. Confira: 

  • Evite pedir emprestado a outras pessoas protetores auriculares que já foram utilizados.
  • Tente não reutilizar mais de uma vez protetores que são descartáveis. Protetores descartáveis têm um preço acessível, de modo que comprá-los com frequência será sempre uma vantagem em comparação às terríveis consequências de uma infecção auditiva.
  • Limpe seus protetores diariamente!
  • Caso prefira, você pode usar os protetores auriculares tipo concha. Embora sejam indiscretos, protegem a orelha por completo.
  • Faça (ao menos uma vez por ano) uma visita ao médico a fim de examinar sua audição.
  • Se você adquirir protetores auriculares descartáveis, fique atento às instruções dadas pelo fabricante antes de usá-los.
  • Com cuidado, seque bem o canal auditivo após o banho e antes de usar protetores auriculares.
  • Busque inserir o protetor auricular de maneira correta. Do contrário, isso também fará mal ao seu ouvido. Ao tirá-lo, realize movimentos suaves para não causar nenhum dano ao seu canal auditivo.
Referências bibliográficas:
[1] http://www.eardoc.info/news/more-on-ear-infection-and-relation-to-ear-plugs/

[2] https://www.starkey.com/blog/2015/07/Should-You-Wear-Earplugs-At-Night
[3] http://phb.secondsensehearing.com/content/dos-and-donts-earplug-use
[4]https://earplugstore.typepad.com/got_ears_get_informed/2016/03/earplugs-make-my-ears-itch-what-should-i-do.html
[5] https://www.youtube.com/watch?v=P9woK0MfhN4

Comentários

Leia também...

Diabetes e problemas para dormir

O diabetes é um mal silencioso. Em geral, demoramos para notar os sintomas iniciais: manchas escuras na pele, sede em excesso, visão embaçada, perda de peso sem motivo... Após diagnosticar a doença, o paciente diabético precisa mudar sua rotina, visto que lhe será necessário medir o nível de glicose todos os dias e privar-se de in&uacu... Leia o artigo »

19/11/2018

Contar carneirinhos ajuda a dormir?

Quem nunca contou carneirinhos? À primeira vista, parece ser uma solução prática e infalível contra a insônia, além de carregar uma certa dose de fantasia. Nesse artigo, questionaremos a eficácia desse hábito centenário, que parece auxiliar quem, desesperadamente, busca dormir bem. Seria isso possível? Descubra a resp... Leia o artigo »

27/12/2018

Overdose de melatonina, é possível?

Todo consumo feito em excesso pode colocar a saúde em risco. Cá entre nós: não se trata de uma grande novidade, porém (a fim de esclarecer dúvidas e orientar nossos leitores) hoje nosso artigo parte da seguinte questão: overdose de melatonina, é possível? Se você está curioso para saber, explore os próximos paragr&a... Leia o artigo »

23/01/2019