'Pessoas que roncam sempre dormem primeiro :(' Triste Verdade

Protetores para crianças com autismo

O sono e a saúde são dois elementos inseparáveis, e isso vale em qualquer circunstância. Deste modo, podemos constatar inúmeros casos que, por serem distintos entre si, requerem cuidados específicos. Hoje, falaremos um pouco sobre o autismo e, principalmente, sobre os protetores que servem para crianças que possuem este distúrbio. Interessante, não? Convidamos você para conhecer mais um de nossos artigos. Boa leitura!

1 - O que é o autismo?

O autismo é um distúrbio cerebral, onde o próprio cérebro age da maneira hiperexcitada. Em outras palavras, o cérebro do paciente autista funciona como se realizasse centenas de atividades ao mesmo tempo, fenômeno que ocorre desde seu nascimento.

Pessoas que não sofrem de autismo conseguem se desligar da atividade anterior ao iniciar a próxima - ainda que façam duas tarefas ao mesmo tempo, elas estão, na realidade, executando uma atividade de cada vez. O paciente autista não tem essa capacidade: ele se mantém uma ligação entre cada atividade, realizando duas ou mais simultaneamente.

Se o cérebro de um paciente autista tentasse agir como o de um paciente que não tem essa doença, seu funcionamento cerebral se desorganizaria e, então, entraria em crise. Portanto, desde a infância, o autista cria seus próprios métodos para se reorganizar, adotando um comportamento repetitivo que possa guiá-lo em meio a tantos estímulos. Isso persiste também durante sua vida adulta...

2 - Protetores para crianças com autismo

Em primeiro lugar, antes de adquirir um protetor auricular para seu filho, um conselho: seja criterioso na escolha e busque um protetor que se ajuste bem nele.

Protetores auriculares significam um grande benefício para crianças autistas - ainda mais para aquelas que, donas de uma hipersensibilidade auditiva, sofrem em dobro mediante barulhos de todo tipo (fogos de artifício, música alta, discussões entusiasmadas, aplausos... ou uma simples televisão ligada).

Além das crianças autistas, estudantes que utilizam estes protetores também encontram grandes benefícios. Há um aumento no nível de concentração durante as tarefas escolares e melhor rendimento no decorrer das aulas.

2.1 - Protetores auriculares x Abafadores de ruído

Em geral, protetores auditivos se resumem em protetores auriculares (presentes em nossa loja virtual) e abafadores de ruído, usados com frequência em metalúrgicas, refinarias, aeroportos, construções civis etc.

É provável que seu filho tenha melhor adaptação ao utilizar protetores auriculares ou abafadores de ruído. Comparando-os, protetores auriculares oferecem um preço menor, mais eficiência e mais comodidade. Protetores auriculares utilizados por músicos também servem para crianças autistas, possibilitando-as ouvir tudo com clareza, porém em um volume reduzido (são protetores ideais para situações onde seu filho, inevitavelmente, encontrará diversos ruídos).

Protetores auriculares não são recomendáveis para crianças com menos de três anos de idade, pois eles podem gerar algum acidente, como asfixiá-las, por exemplo. Entretanto, em relação às crianças com autismo, protetores auriculares são recomendáveis apenas para aquelas que já têm dez anos de idade ou um pouco mais.

No mais, protetores auriculares não são quentes como os abafadores de ruído que, em períodos extensos, aquecem as orelhas. Os protetores são fáceis de serem transportados e possuem um aspecto mais sutil, enquanto que os abafadores são indiscretos e - no pior das situações - podem fazer seu filho se tornar alvo de piadas e comentários maldosos.

2.2 - Ainda sobre abafadores de ruído

Crianças com autismos, ao experimentarem os protetores auriculares pela primeira vez, naturalmente os rejeitarão, agindo de maneira defensiva. Muitos desses meninos e meninas se sentem bastante incomodados ao ter algo em seus ouvidos! Utilizando abafadores de ruído, suas orelhas ficariam mais protegidas e eles não conseguiriam colocá-los na boca. Estes mesmos protetores geram um pouco de pressão sobre a cabeça, o que agrada as crianças que têm autismo, pois a pressão em seu corpo as ajuda a recuperar ou manter o autocontrole.

Os abafadores de ruídos também são fáceis de colocar e tirar, e mais difíceis de perder em comparação aos protetores auriculares. No entanto, usando os abafadores a qualidade do som não será tão boa quando se usa aqueles protetores utilizados por músicos, de modo que são mais apropriados para seu filho em casa ou na escola.

3 - Considerações finais

Não existe nenhum tipo específico de protetor auricular feito para crianças autistas. Podemos encontrar protetores auriculares cuja matéria-prima varia (espuma, silicone mole ou duro, material moldável etc.). Assim, temos ao nosso alcance diversas opções e, é claro, mais chances de encontrar o protetor ideal para cada criança.

Referência bibliográfica:
[1] https://www.earplugstore.com/npsf-hearing-protection-for-autism.html
[2] https://www.youtube.com/watch?v=t7i5LzSuCCY

Postado em Bebês e Crianças e Diversos no dia 11 de Junho de 2018 e última atualização dia 19 de Julho de 2018

Comentários

Leia também...