'A melhor ponte entre desespero e esperança é uma boa noite de sono.' Joseph Cossman

Cientistas descobrem proteínas que regulam o sono

Capa post - Cientistas descobrem proteínas que regulam o sono

Texto: Postado em Estudos e Notícias por Mateus no dia 23 de Outubro de 2018 .

Um novo estudo relatado no Proceedings of National Academy of Sciences (PNAS) mostrou que uma única mutação numa proteína dos ratos tem grandes efeitos na forma como os ratos dormem e em seu estado de vigília. Esta pesquisa também poderia lançar luz sobre os mecanismos fisiológicos que regulam o sono em humanos.

Neste estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Tsukuba, a equipe se baseou em seus trabalhos anteriores nos quais submeteram camundongos a um mutagênico, examinando-os a respeito de distúrbios do sono e, em seguida, identificando a região mutante causadora. Aqui, a equipe produziu uma mutação numa posição específica de uma proteína chamada SIK3 e, em seguida, examinou os efeitos das mudanças dessa proteína no sono e na duração da vigília, bem como a atividade cerebral refletindo períodos de sono REM, não-REM e o estado de alerta quando acordado.

Os resultados mostraram que a mudança do 551º aminoácido da proteína SIK3 causou maior duração do sono não-REM, bem como um aumento da "necessidade de sono" refletido em padrões particulares de atividade das ondas cerebrais quando ambos os ratos dormiam e acordavam. Os ratos também permaneciam acordados por períodos mais curtos durante a noite, horário que normalmente ficam mais ativos.

"Os resultados foram particularmente interessantes, pois essa mutação afetou os períodos de ausência de movimento ocular rápido, a parte não-REM do sono, enquanto o sono de movimento rápido dos olhos, a parte REM, ficou praticamente inalterado", disse o co-autor Masashi Yanagisawa. "Isso mostrou que o SIK3 está envolvido em mecanismos regulatórios relacionados ao sono muito específicos".

"As características deste aminoácido nesta proteína são evolutivamente conservadas em todo o reino animal, por isso esses resultados são potencialmente relevantes para estudos sobre o sono em humanos", afirma o autor principal, Takato Honda. "Por exemplo, na condição hipersonia idiopática, os pacientes experimentam uma forte necessidade de dormir e estão com sono durante todo o dia, como os ratos de nossos estudos. Nosso trabalho poderia ajudar a explicar o porquê."

 

Comentários

Leia também...

Cientistas encontram possível ligação entre AOS e doenças cardiovasculares

Na Universidade da Califórnia (UC) de San Diego, uma equipe de pesquisa descobriu uma possível ligação entre apneia do sono e doenças cardiovasculares.  O estudo promovido afirma que 12% da população adulta dos EUA tem AOS. Por consequência deste quadro, o corpo é exposto a condições de baixa oxigenação ... Leia o artigo »

10/08/2018

Falta de sono pode afetar a economia de um país

Dormir mal pode ser considerado um problema que atinge a saúde pública. Segundo fontes científicas [1], um em cada três adultos sofre de insônia em todo o mundo. A revista SLEEP divulgou um estudo feito pela Universidade de Oxford Press, que destaca uma relação muito próxima entre a insônia e um possível impacto negativo gerado na ... Leia o artigo »

26/06/2019

Qual o tempo ideal por noite?

Cientistas descobriram que o tempo ideal uma noite bem dormida é de 6 a 8 horas de sono, resultando em benefícios para a saúde e o coração. Ultrapassar esse tempo ou diminuir pode se tornar muito prejudicial para à saúde. As conclusões das pesquisas foram apresentadas neste ano no Congresso ESC. A autora do estudo, Epameinondas Fountas, do Ce... Leia o artigo »

25/09/2018

Falta de sono está associada à pré-diabetes e alto IMC

Um estudo que analisou participantes asiáticos, sendo liderado pelo Dr. Sirimon Reutrakul - professor associado de endocrinologia, diabetes e metabolismo da faculdade de medicina da UIC – foi publicado na revista Frontiers in Endocrinology, vez que este comprovou que há uma ligação entre hábitos noturnos, pouco sono e diabetes. Pré-diabetes é ... Leia o artigo »

08/10/2018

Depressão está diretamente ligada ao sono

A ligação entre a depressão e noites mal dormidas foi comprovada e identificada pela primeira vez através de um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Warwick (Reino Unido) e da Universidade de Fudan (China). Os cientistas descobriram que existe uma conectividade funcional entre as áreas do cérebro associadas à memória de curto... Leia o artigo »

31/08/2018

Compartilhe

Preencha seus dados aqui e junte-se a 4963 pessoas e receba no seu email dicas para dormir melhor.

Sobre

Passamos em média 36% da nossa vida dormindo e sabemos que uma noite ruim de sono significa num dia não muito bom pela frente. Através da nossa loja e blog, nosso objetivo é ajudar você dormir melhor. Leia um pouco sobre nossa história.