'A melhor ponte entre desespero e esperança é uma boa noite de sono.' Joseph Cossman

Cientistas descobrem proteínas que regulam o sono

Um novo estudo relatado no Proceedings of National Academy of Sciences (PNAS) mostrou que uma única mutação numa proteína dos ratos tem grandes efeitos na forma como os ratos dormem e em seu estado de vigília. Esta pesquisa também poderia lançar luz sobre os mecanismos fisiológicos que regulam o sono em humanos.

Neste estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Tsukuba, a equipe se baseou em seus trabalhos anteriores nos quais submeteram camundongos a um mutagênico, examinando-os a respeito de distúrbios do sono e, em seguida, identificando a região mutante causadora. Aqui, a equipe produziu uma mutação numa posição específica de uma proteína chamada SIK3 e, em seguida, examinou os efeitos das mudanças dessa proteína no sono e na duração da vigília, bem como a atividade cerebral refletindo períodos de sono REM, não-REM e o estado de alerta quando acordado.

Os resultados mostraram que a mudança do 551º aminoácido da proteína SIK3 causou maior duração do sono não-REM, bem como um aumento da "necessidade de sono" refletido em padrões particulares de atividade das ondas cerebrais quando ambos os ratos dormiam e acordavam. Os ratos também permaneciam acordados por períodos mais curtos durante a noite, horário que normalmente ficam mais ativos.

"Os resultados foram particularmente interessantes, pois essa mutação afetou os períodos de ausência de movimento ocular rápido, a parte não-REM do sono, enquanto o sono de movimento rápido dos olhos, a parte REM, ficou praticamente inalterado", disse o co-autor Masashi Yanagisawa. "Isso mostrou que o SIK3 está envolvido em mecanismos regulatórios relacionados ao sono muito específicos".

"As características deste aminoácido nesta proteína são evolutivamente conservadas em todo o reino animal, por isso esses resultados são potencialmente relevantes para estudos sobre o sono em humanos", afirma o autor principal, Takato Honda. "Por exemplo, na condição hipersonia idiopática, os pacientes experimentam uma forte necessidade de dormir e estão com sono durante todo o dia, como os ratos de nossos estudos. Nosso trabalho poderia ajudar a explicar o porquê."

 

Texto postado em 23 de Outubro de 2018 .

Comentários

Leia também...

Por que dormimos mal na primeira noite em um novo lugar?

A chamada FNE (Fisrt Night Effect), em tradução livre seria “efeitos da primeira noite de sono”, faz parte da vida dos seres humanos desde o tempo das cavernas. Contudo, a ciência por trás desse comportamento permaneceu um mistério durante muito tempo. O FNE é tão comum que os especialistas do sono sempre descartam os dados colhidos na pr... Leia o artigo »

18/09/2018

Estudo mostra que pouco sono está ligado à doença de Alzheimer

Cientistas da UC Berkeley descobriram evidências convincentes de que o sono precário - particularmente um déficit do sono profundo e restaurador necessário para salvar as informações das memórias - é um canal através do qual a proteína beta-amilóide, que desencadeia a doença de Alzheimer, ataca o cérebro a lo... Leia o artigo »

30/10/2018

Soneca pode ajudar a recuperar o sono perdido

Um estudo descobriu que uma soneca à tarde talvez reduza os danos causados pela falta de sono à noite. Aparentemente, sonecas durante a tarde podem ajudar a restaurar hormônios e proteínas envolvidas no estresse e no bom funcionamento do sistema imunológico. O estudo incluiu 11 homens saudáveis com idades entre 25 - 32 anos. Os pesquisadores deixaram os vol... Leia o artigo »

23/02/2015

Falta de sono pode causar enxaqueca diz estudos

Se você sofre com enxaqueca, talvez seja necessário prestar mais atenção no seu sono. Vários estudos mostraram que problemas no sono como insônia, apneia do sono, ronco podem ser o gatilho para crises de enxaqueca. A enxaqueca é causada quando as células nervosas hiperativas enviam impulsos para os vasos sanguíneos, fazendo os vasos se c... Leia o artigo »

28/03/2015

Oxigenoterapia - O que é e como pode beneficiar o sono?

Para diversas pessoas, a oxigenoterapia ainda soa como novidade, embora não seja um tratamento tão recente. Utilizar este recurso beneficia a saúde em vários aspectos, contando com a cura de doenças que afetam o sono. Nesse artigo, definiremos o que é a oxigenoterapia, quais são as vantagens oferecidas por ela, quem necessita usá-la e uma s&e... Leia o artigo »

16/08/2018

Compartilhe

Preencha seus dados aqui e junte-se a 5473 pessoas e receba no seu email dicas para dormir melhor.

Sobre

Passamos em média 36% da nossa vida dormindo e sabemos que uma noite ruim de sono significa num dia não muito bom pela frente. Através da nossa loja e blog, nosso objetivo é ajudar você dormir melhor. Leia um pouco sobre nossa história.