'Dormir é a melhor meditação.' Dalai Lama

Plantas que ajudam a bloquear o som

Capa post - Plantas que ajudam a bloquear o som

Texto: Postado em Curiosidades e Dicas por Mateus no dia 03 de Setembro de 2018 .

Plantas têm a incrível capacidade de harmonizar diversos ambientes. Dentro ou fora de casa, mostram-se versáteis, pois se adaptam a vários lugares e agradam todos os gostos, desde os mais exigentes até os modestos. Melhor ainda é saber que elas oferecem um preço acessível, vantagem para quem anda com pouco dinheiro, e poderá ver como um pequeno jarro é capaz de revigorar qualquer cômodo da casa.

Hoje, estimado leitor, não falaremos sobre a beleza ou o poder medicinal das plantas. Abordaremos como elas podem bloquear o som, além de apresentarmos, em tópicos, o modo correto de usá-las visando esta finalidade, o local onde elas devem ser colocadas e uma pequena lista com 10 plantas que podem ser cultivadas no lar.

Boa leitura!

1 - Como as plantas absorvem o som?

As partes da planta responsáveis pela absorção do som dividem-se em: folhas, talo, ramos e madeira. Sua casca rugosa e folhas grossas e cheias de fibra também têm um papel fundamental para absorver o ruído externo.

As plantas alteram a acústica do ambiente, uma vez que diminuem o tempo de reverberação do som. Porém, o tamanho da planta e sua camada exterior influencia sua capacidade ao interagir com o ruído. Outros fatores, que integram um ambiente, como paredes de cimento ou revestidas de mármore, fazem com que a planta bloqueie melhor o som. Tratando-se de um ambiente ricamente mobilhado, onde encontramos tapetes, móveis, cortinas pesadas ou cadeiras estofadas, também há maior diminuição do impacto do som sobre a planta.

1.2 - Refletindo o som

Na prática, quando o som entra em contato com uma parede de tijolos, há vibração em seus alicerces por conta da rigidez, o que acaba refletindo o som, fazendo-o voltar pela mesma direção de onde viera.

No entanto, quando o som golpeia um objeto feito de material flexível, tal qual a planta, suas partes vibrarão e as ondas sonoras serão transformadas em outra forma de energia à medida que são direcionadas para outros lugares.

1.3 - Desviando o som

Dentre os objetos domésticos, não só a planta é indispensável para combater o ruído externo, como também o próprio tapete. Ele é capaz de bloquear o eco: fenômeno comum em casas espaçosas e com alicerces de grande resistência. Possuir uma pequena área com plantas em abundância gera o mesmo efeito contra barulhos ressonantes. Contudo, o tapete é um item “antirruído” mais indicado às pessoas que vivem em apartamentos.

Edifícios, que ostentam trepadeiras em suas paredes e fachada, têm maior resistência face ruídos de toda espécie, por mais altos e importunos que sejam. Analisando várias opções, pode-se cultivar um belo jardim na cobertura, incluir pequenas plantações no térreo ou simplesmente ornamentar as paredes com um toque ecológico, o que é fundamental para anular o eco propagado pelos sons.

2 - Como usar as plantas para bloquear o ruído?

2.1 - Plantas de vaso grande

As plantas que são cultivadas em vaso grande constituem maior estrutura e ocupam mais espaço. Tais aspectos produzem um efeito significativo na diminuição do ruído, pois efetuam um impacto acústico no espaço doméstico. Estudos, feitos a partir de experiências, comprovam que um vaso grande, que contenha plantas de diferentes espécies, funciona melhor contra o ruído externo em comparação às plantas individuais.

2.2 - Plantas de vaso pequeno

Dispor de várias plantas, ainda que elas estejam em vasos pequenos, funciona muito bem contra o ruído - diferente de acumular todas as plantas em um único lugar, o que seria inútil contra os barulhos externos. Desta maneira, o efeito “antirruído” poderá ser maximizado. É aconselhável, por exemplo, espalhar pequenos vasos de planta em um andar onde haja muitos escritórios, e esta mudança dará mais harmonia às atividades e fará com que os ruídos não atuem de maneira fixa.

3 - Em qual lugar as plantas devem ser colocadas?

De acordo com o espaço físico de uma sala, as plantas devem ser colocadas nos cantos ou nas beiradas, e não no centro, como é feito pela maioria das pessoas. Isto fará com que o ruído externo, após o contato com a parede, seja logo refletido nas folhas.

4 - Plantas nas paredes

Plantas cultivadas em paredes - conhecidas como “jardim vertical” - também é uma excelente opção para divisórias que separam repartições, além de ser uma alternativa visualmente agradável e charmosa. Espaços pequenos e estreitos podem ser preenchidos com vasos pequenos, incluindo flores como a tulipa. Em consequência, o ambiente de trabalho ficará mais agradável, aumentando a produtividade e o bem-estar dos funcionários, sem contar uma melhor recepção aos clientes.

5 - Plantas fáceis de serem cultivadas

Separamos para você uma pequena lista com dez plantas fáceis de serem cultivadas em casas ou apartamentos. Cada definição traz consigo dicas para o cultivo:

5.1 - Plantas suculentas

Em geral, são plantas pequenas e que se adaptam a diversos ambientes. Ao adquiri-las, observe-as a fim de notar se precisam de água ou têm necessidade de mais luz solar. Elas são vendidas em supermercados e floriculturas.

5.2 - Zamioculca (Zamioculcas)

Trata-se de uma planta que sobrevive em lugares com baixa luminosidade natural. Esta planta tem origem africana, folhas verdes e brilhantes. Devemos molhá-la regularmente, mas sem encharcá-la.

5.3 – Antúrio (Anthurium)

Esta espécie se desenvolve em solo com pouca capacidade de drenagem, além de não exigir muita água. Ela pode ser regada apenas uma ou duas vezes por semana.

5.4 - Lança-de-são-jorge (Sansevieria trifasciata)

É uma planta rústica e versátil, pois se adapta a lugares com pouca luminosidade ou com luz solar direta. Apesar disso, deve-se mudá-la de lugar aos poucos, pois a climatização é um fator importante.

5.5 - Lírio-da-paz (Spathiphyllaum wallisii)

Esta planta é cultivada em terra comum e adubada. Caso seja possível, mantenha-a próxima à janela: pegar o sol da manhã, por pelo menos uma hora, contribui para sua preservação.

5.6 - Palmeira-ráfis (Rhapis)

Esta planta precisa permanecer próxima a janelas e portas. Sua aparência dá um toque tropical ao ambiente, sendo um adorno indispensável em ambientes internos.

5.7 - Orquídea phalaenópsis (Phalaenopsis)

O segredo para cultivar esta planta é colocá-la em um lugar onde haja duas horas de luz solar durante a manhã - a partir das 9h até 10h. Além de regá-la evitando os excessos, borrife água em suas folhas. Ela oferece belas flores e de diversas cores.

5.8 - Singônia (Syngonium podophyllum)

Ela pode ser cultivada em qualquer tipo de solo e não necessita de luz solar direta. Relatos [2] afirmam que esta planta pode ficar até duas semanas sem água!

5.9 - Jiboia (Epipremnum pinnatum)

Esta planta se desenvolve com rapidez, de sorte que pode ser utilizada como trepadeira ou planta pendente. Além disso, tem o incrível poder de purificar o ar.

5.10 - Peperômia (Peperomia)

Devemos regá-la, ao menos, duas vezes por semana. Colocá-la em um ambiente com luminosidade natural é o suficiente.

Referência bibliográfica:
[1]https://www.huffingtonpost.co.uk/kenneth-freeman/how-plants-can-reduce- noi_b_4802876.html
[2] https://www.youtube.com/watch?v=z4cKkYTc6kw [3]
https://www.jardineiro.net/plantas/jiboia-epipremnum-pinnatum.html

Comentários

Leia também...

Como dormir melhor após cirurgias?

Já escrevemos aqui como melhorar o sono durante internações em hospitais, desse vez valor tentar ajudá-lo a dormir melhor após cirurgias. O sono deve ser visto como prioridade durante a fase pós-operatória. Dormir bem é essencial para que o paciente tenha a devida recuperação. O que deve ser feito para cuidar do descanso noturno... Leia o artigo »

11/06/2019

O que é ASMR? O chamado orgasmo mental

Por acaso você sabe o que esse vídeo significa? Não? Então, nos dê um pouco de sua atenção: este vídeo, no qual encontra-se uma voz suave, agradável, gentil e limpa, gera estímulos auditivos, visuais e cognitivos que, por fim, desencadeiam sensações agradáveis e relaxantes. Trata-se de um método&nb... Leia o artigo »

10/06/2016

Maconha ajuda a dormir?

“Eu sempre encontro pacientes que relatam o uso frequente de maconha para dormir”, diz John Cline, psicólogo clínico. Muitos juram que a maconha ajuda a relaxar e a dormir. Nos EUA, clínicas de saúde mental estão cientes que diversos de seus pacientes usam cannabis para dormir, e também parece que pacientes com insônia também ... Leia o artigo »

17/02/2014

Pessoas de sucesso valorizam as horas de sono: mito ou verdade?

Imaginar os frutos do reconhecimento cultiva em nós doces sonhos. Homens e mulheres de sucesso inspiram tais pensamentos, embora às vezes não percebamos seus reais sacrifícios. Em meio a tanto trabalho e dedicação, como as celebridades lidam com o sono? Será que elas reconhecem a importância do descanso noturno? Nesse artigo, além ... Leia o artigo »

02/04/2019

Faz mal dormir com meu animal de estimação?

A verdade é que milhares de donos de cachorros, gatos entre outros animais de estimação dividem a mesma cama que dormem. Uma pesquisa [1] da American Pet Products Association, constatou que quase metade dos cães dormem na cama com seus donos. A mesma pesquisa, constatou que 62% dos gatos dormem com seus donos adultos e outros 13% dormem com as crianças. Apesar da... Leia o artigo »

02/07/2016