'Dez vezes ao dia deves saber vencer-te a ti mesmo; isto cria uma fadiga considerável.' Nietzsche (Zaratustra)

Óleo essencial de Patchouli - Benefícios e dicas de uso

Capa post - Óleo essencial de Patchouli - Benefícios e dicas de uso

Texto: Postado em Óleos essenciais por Marcelo Morais no dia 18 de Maio de 2018 e última atualização dia 26 de Março de 2019 .

Se você já é nosso cliente ou está visitando a Loja do Dorminhoco pela primeira vez, queremos convidá-lo para a leitura de mais um artigo. Nele, falaremos sobre o óleo essencial de patchouli, pontuando seus extraordinários benefícios e dicas práticas de uso. Caso você queira experimentar outros óleos essenciais, visite nossa loja virtual ou leia mais em outros artigos. Por ora, garantimos que o óleo de patchouli irá lhe surpreender. Que tal explorá-lo conosco? Boa leitura!

O patchouli produz um óleo essencial rico em propriedades medicinais, tornando-o um item importante na aromaterapia. Seu óleo possui um aroma balsâmico e amadeirado. Inalá-lo desperta a sensação de segurança e dá energia para realizar qualquer atividade. Ele também acalma, conforta e combate a depressão.

1 - Características importantes

  • Óleo essencial: 100% puro e natural (compre na loja)
  • Descrição olfativa: amadeirado, balsâmico, doce
  • Precauções: as contraindicações serão mencionadas no final do artigo
  • Nome científico: Pogostemon cablin, Pogostemon pachulí, Pogostemon hortensis

2 - Histórico da utilização

O patchouli é uma planta nativa das ilhas das Filipinas. Ela faz parte da família Lamiaceae e seu óleo essencial é extraído através do processo de destilação a vapor. O patchouli também é cultivado em outras regiões tropicais, como Brasil, Havaí e determinadas regiões situadas na Ásia, tal como Indonésia, China, Índia e Malásia. Nos países asiáticos, esta planta virou sinônimo de tradição na medicina popular.

Assim, ela atuou contra problemas relacionados ao cabelo e transtornos cutâneos, como a acne e o eczema, por exemplo.

Na década de 60, este óleo ganhou popularidade mundial, embora tenha sido utilizado há centenas de anos. Tamanha foi a importância do patchouli que, em uma época distante, comerciantes europeus trocavam esta planta por ouro. Outros estudos relatam que o faraó Tutancâmon, vulgo rei Tut, foi sepultado com 10 galões de óleo essencial de patchouli. Mas o modo como os antigos empregavam este óleo não para por aí...

No séc. XIX, o referido óleo era utilizado para perfumar tecidos indianos, como aqueles feitos de seda fina, a fim de livrá-los das traças e de outros insetos. Acredita-se que o nome “patchouli” vem da palavra hindu “pacholi”, que significa “perfumar”.

Em contrapartida, outra fonte diz que o nome desta planta surgiu a partir da junção entre duas palavras: “patchai” e “ellai”, significando “folha verde”. Estas duas palavrinhas provêm do tâmil, uma língua dravídica falada no sul da Índia.

Existem três espécies de patchouli, e são elas: (1) Pogostemon cablin, (2) Pogostemon pachulí e (3) Pogostemon hortensis. A espécie cablin é a mais popular e cultivada, pois suas propriedades medicinais – poderosíssimas! – dão a ela certa superioridade em comparação às outras duas espécies.

O óleo essencial de patchouli, usado na aromaterapia, funciona como antidepressivo, cicatrizante, sedativo, afrodisíaco, anticongestionante, anti-inflamatório, diurético, adstringente, desodorante natural, antifúngico, inseticida, tônico, entre outras funções.

3 - Principais componentes terapêuticos e nutricionais

  • Terpenos (sesquiterpenos)
  • Patchoulol
  • alfa-Patchouleno
  • Bulneseno
  • alfa-Guaieno
  • beta-Cariofileno
  • beta-Patchouleno
  • gama-Patchouleno
  • nor-Patchouleno
  • Pogostol
  • Copaeno

No geral, no que diz respeito à composição do óleo, seu componente principal é o patchoulol. A combinação deste elemento com o alfa-Patchouleno gera o aroma amadeirado tão notável neste óleo. Os terpenos (sesquiterpenos) também estão presentes em grande quantidade em sua composição.

4 - Benefícios

A partir deste ponto, veremos como o óleo essencial de patchouli age nos seguintes casos:

4.1 - Depressão

O óleo de patchouli é um antidepressivo natural. Ele renova nossas energias, alivia a tensão e nos dá força para superar os pensamentos negativos. Basta-nos inalar seu perfume e, então, suas reações químicas agirão liberando os hormônios do prazer: a serotonina e dopamina. Por fim, corpo renovado e mente sã, a tristeza não será mais uma ameaça.

4.2 - Infecções

O óleo de patchouli combate infecções. Talvez esta seja uma de suas funções mais eficazes. Ao aplicá-lo em feridas, ele as manterá livre de qualquer infecção, impedindo doenças graves, como o próprio tétano, por exemplo. Se por acaso você se ferir ao esbarrar em algum objeto cortante e feito de ferro oxidado, este óleo essencial poderá salvar sua vida. Inclua-o já em sua farmácia particular!

4.3 - Inflamação

O óleo de patchouli pode ser usado para curar inflamações internas e externas. No primeiro caso, são aquelas inflamações causadas por doenças como a artrite e gota. No segundo caso, trata-se de muitas doenças que afetam a pele. No entanto, se sua inflamação ou irritação for causada pela febre, este óleo é eficaz para combater os referidos sintomas como também aliviar a febre em si.

4.4 - Pele flácida

Após utilizarmos o óleo de patchouli, nós podemos nos livrar dos seguintes transtornos: queda de cabelo, perda de dentes, tecido muscular fraco e flacidez cutânea. O óleo de patchouli é um adstringente natural, ou seja, estimula contrações nos músculos, nos nervos e na pele. Desta maneira, pode ser usado como um óleo antienvelhecimento, além de também ser indicado em casos de hemorragia, pois contrai os vasos sanguíneos.

4.5 – Impotência sexual

Por ser um afrodisíaco natural, o óleo de patchouli é indicado para os momentos íntimos. Utilizá-lo com esta finalidade é simples: basta despejá-lo em pequena quantidade no dormitório e, consequentemente, ele estimulará o estrógeno e a testosterona, aumentando o apetite sexual. Diga adeus à falta de libido, impotência sexual, disfunção erétil, frigidez e ansiedade sexual.

4.6 - Má circulação sanguínea

Talvez muitas pessoas não saibam o quanto a circulação sanguínea é importante para a saúde. Quando utilizamos o óleo de patchouli, melhoramos esta função fisiológica e aumentamos a produção de glóbulos vermelhos, essenciais para dar mais energia ao corpo.  Aliás, quando tonificamos a circulação sanguínea, damos mais oxigênio aos órgãos e às células, aceleramos o metabolismo, regeneramos as células da pele, dando a ela um aspecto saudável e vibrante.

4.7 - Cicatrização

Cortes e feridas não permanecerão mais em sua pele por muito tempo. Com o óleo de patchouli, há a possibilidade de acelerar o processo de cicatrização, incluindo a possibilidade de apagar as cicatrizes deixadas por machucados antigos. Contudo, você pode usá-lo para disfarçar as marcas causadas pela acne e outros transtornos cutâneos, como o furúnculo, a varíola e o sarampo. Experimente!

4.8 - Excesso de água no organismo

Em outras palavras, o óleo de patchouli funciona como um diurético natural. Ele estimula a micção, isto é, aumenta a produção de urina. Quanto mais você urinar, mais diminuirá a pressão arterial, reduzirá o nível de colesterol, eliminará as toxinas do corpo e facilitará a perda de peso. Através da urina, também diminuímos a quantidade de sais desnecessários e afastamos a presença do ácido úrico. Isso faz com que não tenhamos doenças como a gota, nem futuros problemas renais ou relacionados à vesícula.

4.9 - Mau odor

Em primeiro lugar, lembre-se que o óleo de patchouli possui um aroma forte, o que pode fazer mal ao olfato de certas pessoas. Portanto, se você deseja utilizá-lo como um desodorante natural, dilua-o antes. Seu aroma é doce e picante, o suficiente para eliminar o mau odor. Sua eficácia contra o mau cheiro lhe rendeu uma popularidade positiva.

4.10 - Febre

O óleo de patchouli reduz a febre e, como dito anteriormente, combate as infecções que geram esta condição.

4.11 - Fungos

Este óleo é uma ótima opção para impedir a proliferação de fungos, motivo pelo qual proporciona proteção contra certas doenças, como o pé de atleta, por exemplo. As infecções causadas por fungos podem colocar sua vida em risco quando atacam o sistema respiratório através da inalação. Com este óleo, seu corpo permanecerá protegido!

4.12 - Hipersensibilidade

Você sabia que a hipersensibilidade dos nervos pode provocar convulsões e ataques epiléticos? Pois é. Mas, com o óleo de patchouli, quem sofre destes problemas ficará livre.

Além disso, este mesmo óleo alivia a inflamação e acalma a tosse. Suas propriedades medicinais são capazes de reprimir os efeitos de certas alergias.

Mas estes não são os únicos benefícios! Este óleo age como antidepressivo e sedativo, uma vez que relaxa o corpo, promovendo uma noite de sono saudável e reparador. Sabemos que vencer a insônia melhora a função cognitiva, a incluir sinais positivos em sua taxa metabólica e um estado de ânimo renovado.

4.13 - Insetos

O óleo de patchouli é um inseticida natural, e desde as civilizações mais antigas ele era usado com esta finalidade. Sua excelente eficácia contra os insetos o faz ser um componente utilizado em aerossóis, fumigantes, vaporizadores, loções corporais e varetas de incenso. Embora tenha um aroma adocicado, ele não falha ao manter os insetos distantes.

Misturando-o com água, você pode lavar suas roupas e a roupa de cama, o que será bom para afugentar mosquitos, percevejos, formigas, piolhos, pungas, traças e moscas. Para afugentar estas pequenas criaturas, basta usar apenas algumas gotinhas deste magnífico óleo, ou usá-lo em um queimador de óleo essencial (também à venda em nossa loja), para que os efeitos durem mais.

Atenção! Ao usar este óleo essencial em um difusor, seu aroma pode rapidamente permanecer impregnado em seus móveis e cortinas.

4.14 - Tônico

O óleo de patchouli funciona como um tônico para as funções metabólicas do corpo. Desta maneira, ele dá mais vitalidade ao estômago, fígado e intestinos, o que ajuda na decomposição dos alimentos e absorção dos nutrientes. Seus agentes medicinais regulam as secreções endócrinas dos hormônios e as enzimas, além de fortalecer o sistema nervoso. Mas não é só isso! O sistema imunitário é beneficiado com os efeitos positivos deste óleo, pois o livra de inúmeras infecções.

4.15 - Outros benefícios

O óleo de patchouli cura a prisão de ventre, combate o eczema, a dermatite, a psoríase e as úlceras. Também pode ser usado como um antídoto ou unguento temporário.

5 - Contraindicações

Apesar de ser um aroma sedutor, o perfume exalado por este óleo pode ser forte e desagradável para certas pessoas. Inale seu aroma com moderação.

No geral, óleos essenciais têm alta concentração, não sendo indicados para bebês, crianças pequenas e mulheres grávidas e/ou em fase de amamentação. Usá-los externamente e logo ter contato com a luz solar pode causar queimaduras. Em caso de dúvidas, consulte seu médico ou um profissional capacitado.

Referências bibliográficas
[1]https://www.organicfacts.net/health-benefits/essential-oils/health-benefits-of-patchouli-essential-oil.html
[2]https://www.newdirectionsaromatics.com/blog/products/all-about-patchouli-oil.html
[3] http://www.oleosessenciais.org/oleo-essencial-de-patchouli/

Comentários

Leia também...

Óleo essencial de melaleuca (tea tree) - Benefícios e dicas de uso

Uma de nossas prioridades é apresentar a você dicas e produtos que lhe proporcionem esplêndidas noites de sono. Mais: desejamos uma rotina saudável aos nossos clientes e, portanto, como indicação, hoje falaremos sobre o óleo essencial de melaleuca (tea tree), pontuando quinze benefícios e imperdíveis dicas de uso. Convidamos você p... Leia o artigo »

24/07/2018

Óleo essencial de Citronela - Benefícios e dicas de uso

Desde nossas primeiras postagens até então, tratamos como prioridade oferecer a você as novidades que surgem no ramo da aromaterapia, e hoje não será diferente! Apresentaremos o óleo essencial de citronela, uma ótima opção para quem deseja alcançar mais saúde e explorar as maravilhas da medicina alternativa. Aliás, ... Leia o artigo »

11/05/2018

Óleo essencial de Alecrim - Benefícios e dicas de uso

Alecrim: nome que causa familiaridade nos amantes da boa gastronomia. Esta plantinha, apesar de quase imperceptível em pratos sofisticados, melhora-os significativamente com seu sabor inconfundível. Hoje, iremos um pouco além da mesa. Falaremos do óleo essencial de alecrim, especificando seus benefícios e dicas de como melhor usá-lo. Para quem faz uso... Leia o artigo »

29/01/2018

Óleo essencial de Menta Piperita - Benefícios e dicas de uso

É fato: a medicina alternativa veio para nos surpreender positivamente! São tantas opções, tantas utilidades... Nossa loja virtual, que possui diversos produtos para dormir, disponibiliza também uma linha preciosa de óleos essenciais. Dentre eles, hoje nós apresentaremos o óleo essencial de menta piperita, também chamada de hortel&atil... Leia o artigo »

11/05/2018

Óleos essenciais realmente funcionam?

Se o questionamento trouxe você até aqui, saiba que – segundo o pensamento aristotélico – a dúvida é o princípio da sabedoria. Questione quantas vezes for preciso, mas não perca a boa oportunidade de conferir este artigo, no qual caminharemos rumo à pergunta principal: Óleos essenciais realmente funcionam? Também pont... Leia o artigo »

03/04/2018