'O sono é a corrente dourada que une a saúde aos nossos corpos.' Thomas Dekker

Óleos essenciais cítricos combatem o câncer de fígado

Estudo [1] revela que óleos essenciais cítricos são capazes de inibir o câncer de fígado. Afirma-se que os terpenos, também conhecidos como terpenóides, podem atuar contra células cancerígenas, segundo análise minuciosa.

Tal efeito acontece após a aplicação do composto químico citronelal, cujo receptor olfativo OR1A2 é uma molécula importante e considerada grande responsável pelo efeito curativo. Existe a chance de este receptor olfativo servir para diagnosticar a referida doença, considerando o fato de também usá-lo, no futuro, como possível forma de tratamento.

Ainda: os terpenos são capazes realizar processos de sinalização nas células, ativando os receptores olfativos. Estes receptores não estão localizados apenas no nariz. Eles são encontrados em vários tipos de tecido humano, a usar, como exemplo, o da próstata e até dos próprios espermatozoides. De acordo com a ação dos terpenos, a carcinogênese e o câncer são afetados, embora não seja totalmente entendido com clareza como funciona a atuação destes agentes curativos neste contexto.

Através dos experimentos realizados por esta pesquisa, agora é direcionada grande atenção aos receptores olfativos que estão localizados além do nariz e há maior esperança no desenvolvimento de novos fármacos sem efeitos colaterais agressivos, desenvolvidos para tratar casos relacionados ao câncer.

Referência bibliográfica:
https://www.sciencedaily.com/releases/2015/01/150119082958.htm

 

Texto postado em 13 de Maio de 2019 .

Comentários

Leia também...

Pouco sono provoca solidão e rejeição social

Pesquisadores da Universidade da Califórnia, Berkeley, descobriram, através de estudos científicos, que as pessoas privadas de um tempo saudável de sono sentem-se mais solitárias e evitam se envolver socialmente com outras pessoas. O estudo também revela que esse comportamento alienante tem resultados ainda mais devastadores, uma vez que esses indiví... Leia o artigo »

11/09/2018

Música ajuda a dormir?

Dentre diversos conselhos para dormir melhor, podemos citar uma rotina relaxante. Em outras palavras, trata-se de optar por hábitos simples antes de dormir, como a leitura de um livro, alguns minutinhos de ioga ou apreciar a melodia de uma doce canção. Também é recomendável praticar a atividade escolhida todos os dias, levando em consideraç&ati... Leia o artigo »

18/01/2014

Falta de sono está associada à pré-diabetes e alto IMC

Um estudo que analisou participantes asiáticos, sendo liderado pelo Dr. Sirimon Reutrakul - professor associado de endocrinologia, diabetes e metabolismo da faculdade de medicina da UIC – foi publicado na revista Frontiers in Endocrinology, vez que este comprovou que há uma ligação entre hábitos noturnos, pouco sono e diabetes. Pré-diabetes é ... Leia o artigo »

08/10/2018

Oxigenoterapia - O que é e como pode beneficiar o sono?

Para diversas pessoas, a oxigenoterapia ainda soa como novidade, embora não seja um tratamento tão recente. Utilizar este recurso beneficia a saúde em vários aspectos, contando com a cura de doenças que afetam o sono. Nesse artigo, definiremos o que é a oxigenoterapia, quais são as vantagens oferecidas por ela, quem necessita usá-la e uma s&e... Leia o artigo »

16/08/2018

Depressão está diretamente ligada ao sono

A ligação entre a depressão e noites mal dormidas foi comprovada e identificada pela primeira vez através de um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Warwick (Reino Unido) e da Universidade de Fudan (China). Os cientistas descobriram que existe uma conectividade funcional entre as áreas do cérebro associadas à memória de curto... Leia o artigo »

31/08/2018

Compartilhe

Preencha seus dados aqui e junte-se a 5499 pessoas e receba no seu email dicas para dormir melhor.

Sobre

Passamos em média 36% da nossa vida dormindo e sabemos que uma noite ruim de sono significa num dia não muito bom pela frente. Através da nossa loja e blog, nosso objetivo é ajudar você dormir melhor. Leia um pouco sobre nossa história.