'Uma boa risada e um longo sono são as melhores curas no livro do médico.' Provérbio Irlandês

Guia informativo sobre aparelhos CPAP, BiPAP e EPAP

Já falamos aqui sobre como os aparelhos CPAP, BPAP e EPAP ajudam no tratamento da apneia do sono obstrutiva e também sobre as diversas opções de tratamento da apneia central e complexa.

Nesse artigo, vamos explicar melhor como funcionam estes aparelhos e indicar algumas opções de compra online, já que ainda não vendemos na loja virtual do Dorminhoco. Boa leitura!

1 - O que são e para quê servem estes aparelhos?

Em primeiro lugar, CPAP - e não "cepap" - é uma abreviação das seguintes palavras em inglês: Continuous Airway Pressure (tradução: Pressão Positiva Contínua na Via Aérea). BiPAP (ou BPAP, como também é conhecido) é uma abreviação que, por sua vez, representa as palavras inglesas Bilevel Positive Airway Pressure (tradução: Pressão Positiva na Via Aérea de Duplo Nível). EPAP também é uma abreviação que oculta os seguintes termos da língua inglesa: Expiratory Positive Airway Pressure (tradução: Pressão Positiva Expiratória na Via Aérea).  

Analisando a partir da tradução o nome destas máquinas, pode-se ter uma ideia breve sobre sua funcionalidade. Mas, indo direto ao ponto, CPAP e BiPAP são máquinas similares tanto em relação ao design quanto à função, visto que ambas servem de tratamento para pessoas que sofrem de apneia do sono, roncam de maneira incomum ou têm problemas pulmonares (a respeito deste distúrbio, hoje não entraremos em detalhes aqui). O EPAP, não diferente dos aparelhos mencionados anteriormente, serve de tratamento contra a apneia e o ronco

2 - Quando usar?

Quem vê pela primeira vez a foto ao lado, certamente toma um susto e a define como algo inusitado: "Caramba! Dormir usando uma máscara?!" Sim, isso pode ser necessário, pois a apneia do sono é uma condição grave de saúde e que aumenta significativamente o risco de morte

Caso seu médico recomende o uso de um desses aparelhos, ele realizará uma série de trabalhos contigo. Por fim, recomendará qual tipo de aparelho você deve comprar, levando em conta as configurações ideais para você. Ainda assim, seu médico recomendará que você passe, ao menos, uma noite na clínica ou laboratório, a fim de saber quais são as melhores configurações para seu aparelho. 

Há diversos tipos de máquina CPAP e, portanto, deixe seu médico ciente caso você não esteja satisfeito ou não conseguindo dormir com a máquina que lhe foi recomendada.

3 - Como funcionam:

3.1 - Aparelhos CPAP

O aparelho CPAP é uma máquina ajustável. Seu médico poderá configurá-la e, assim, ela produzirá a quantidade necessária de pressão de ar com frequência. Quando ajustada, seu nível de pressão será único e contínuo à noite inteira. Por outro lado, certas máquinas CPAP oferecem uma funcionalidade cuja pressão inicial é baixa e, pouco a pouco, vai aumentando até o nível de pressão indicada pelo médico, permanecendo neste ritmo durante todo o período de sono. 

Esta pressão de ar passa por uma máscara nasal, desobstruindo a via aérea e garantindo um repouso tranquilo. 

O aparelho pode ser dividido em três partes:

  • A máscara que se encaixa no nariz junto à cinca, para mantê-la no lugar enquanto você dorme.
  • O tubo que conecta a máscara ao motor.
  • E o motor que gera e lança ar pelo tubo.

Alguns aparelhos CPAP têm outras características, como umidificadores, por exemplo. Porém, o básico e o essencial de todos os aparelhos foi descrito acima. Os aparelhos também são leves, pequenos e fazem pouco barulho. Aliás, o som produzido por eles até pode ser considerado um ruído branco.

No entanto, determinados pacientes se queixam do aparelho CPAP, dizendo que a pressão de ar constante dificulta a respiração. Estes pacientes, aliás, devem fazer um esforço maior para realizar a expiração à medida que usam o CPAP. 

3.2 - Benefícios 

Os aparelhos CPAP trazem diversos benefícios como:

  • Melhorar ou aliviar completamente a apneia do sono
  • Evitar o ronco
  • Aliviar sintomas como sonolência diurna
  • Melhorar a qualidade do sono
  • Diminuir e até prevenir a chance de hipertensão arterial 

Grande parte das pessoas, que começam o tratamento utilizando o CPAP, sentem-se melhor já no primeiro dia e têm uma melhora significativa na qualidade de vida.

3.3 - Aparelhos BiPAP 

Os aparelhos BiPAP funcionam da mesma maneira que os CPAP, embora ofereçam dois níveis de ajuste: nível inicial e nível contínuo de pressão de ar. Os aparelhos BiPAP ajustam a pressão do ar de forma automática e, portanto, fazem mais pressão quando você inspira e menos pressão quando você expira. É válido ressaltar que o preço dos aparelhos BiPAP é mais alto que o dos CPAP. 

De acordo com sua configuração, alguns aparelhos BiPAP pode desempenhar uma sincronização, cujo objetivo é medir quantas vezes o paciente respira por minuto em comparação à frequência respiratória necessária. Se o intervalo entre as respirações vai além do limite estabelecido, as máquinas aumentam a pressão de ar, estimulando o paciente a respirar.

Como dito anteriormente, os pacientes que usam CPAP necessitam respirar contra a pressão contínua de ar conforme a configuração do aparelho. Já os aparelhos BiPAP dispõem uma configuração dual, o que oferece ao paciente mais ar dentro e fora dos pulmões. 

Quais pessoas seriam beneficiadas ao utilizar os aparelhos BiPAP? Estas pessoas são:

  • Pacientes com apnéia do sono ou baixos níveis de oxigênio que precisam de ajustes de alta pressão .
  • Pacientes que antes usaram adequadamente o CPAP.
  • Pacientes com transtornos cardiopulmonares, como insuficiência cardíaca congestiva. 
  • Pacientes com transtornos pulmonares ou transtornos neuromusculares. 

3.4 - Aparelhos EPAP 

Os aparelhos EPAP, em comparação àqueles que foram descritos nos últimos parágrafos, são mas avançados e práticos, pois trata-se de apenas um pequeno dispositivo colocado em cada narina. 

Cada dispositivo possui uma válvula, permitindo que o ar circule com mais facilidade. Quando você o exala, o ar passa por pequenos orifícios da válvula e isso aumenta a pressão nas vias aéreas, causando maior abertura. 

Além de ajudar quem sofre de apneia do sono, o dispositivo também pode ser usado por quem tem problemas de ronco.

Atualização 26/Julho/2018: Infelizmente, a apneia do sono é um problema crescente entre os brasileiros. A falta de ar ocasionada por esta terrível doença tem, como tendência, piorar em razão de certas mudanças físicas (como o aumento de peso, por exemplo). Entenda melhor este perigoso distúrbio a partir da reportagem que separamos para você. 

4 - Adaptação

Usar um aparelho CPAP pode ser frustrante. Sempre recebemos comentários negativos de como é difícil se acostumar com o aparelho, mas é importante que você se acostume. O tratamento é essencial para evitar as complicações geradas pela apneia obstrutiva do sono, como problemas cardíacos e sonolência diurna excessiva.

Sempre fale com seu médico para garantir o melhor aparelho e máscara para você. Visitas regulares ao médico também são importantes para ajustar as configurações, caso seja necessário. 

Você pode demorar um pouco a se acostumar, mas - com tempo e paciência - o aparelho CPAP pode mudar sua vida. Para tentar ajudar nessa adaptação, vamos listar abaixo alguns dos problemas mais comuns, além de algumas soluções.

5 - Estes aparelhos trazem risco para a saúde?

O uso destes aparelhos requer atenção e cuidados especiais. Se você não os mantiver higienizados, isso colocará sua saúde em risco ao utilizá-los. Sabemos o quanto é trabalhoso limpar esta máquina, porém é um esforço indispensável. Talvez agora você até esteja se perguntando: "Estas máquinas, por si só, são perigosas?" São máquinas que causam incômodo e, em certos casos, podem gerar efeitos colaterais (exemplo: feridas e irritações por conta do desgasta da máscara). A princípio, pensando na sua segurança e bem-estar, nós lhe indicamos a leitura de um artigo ricamente detalhado sobre os riscos e a importância de manter estes aparelhos limpos, além de respondermos perguntas baseadas em dúvidas frequentes.  

6 - Onde comprar?

Agora que você sabe o que é e como funcionam os aparelhos, segue algumas indicações de lojas conhecidas no mercado pela venda de aparelhos CPAP e BiPAP. Devido ao alto preço de alguns equipamentos, muitas lojas, além da venda, também fazem o aluguel dos aparelhos CPAP e BiPAP.

Já os dispositivos EPAP, alvo de pouca procura no mercado brasileiro por ser uma tecnologia mais recente, pode ser importado, caso você queira. Comparados com os aparelhos CPAP, que duram anos, os dispositivos EPAP são caros, pois são descartáveis. O suprimento para 30 noites custa cerca de $30, aproximadamente  R$115,00 na cotação do dolar atual, fora o frete e o imposto da RF. Outros dispositivos mais avançados custam cerca de $115, também que duram 30 noites. 

Estamos estudando a possibilidade de vender esses dispositivos aqui na loja do Dorminhoco. Se você tem interesse por esse produto, entre em contato conosco.

Segue abaixo algumas recomendações dos fabricantes:

Referências bibliográficas:
[1] http://www.alaskasleep.com/blog/what-is-bipap-therapy-machine-bilevel-positive-airway-pressure
[2] https://www.quora.com/What-is-the-difference-between-IPAP-and-EPAP

Postado em Apneia do Sono no dia 11 de Março de 2015 e última atualização dia 03 de Agosto de 2018

Comentários

Leia também...