'O sono é a corrente dourada que une a saúde aos nossos corpos.' Thomas Dekker

Mulheres que roncam têm maior inclinação a doenças cardíacas

Capa post - Mulheres que roncam têm maior inclinação a doenças cardíacas

Texto: Postado em Notícias e Estudos por Caio Cesar no dia 15 de Julho de 2019 .

Em comparação ao público masculino, mulheres que roncam ou têm apneia obstrutiva do sono (AOS) sofrem mais danos nas funções cardíacas. Testes mostram que, em geral, roncadores manifestam a presença de AOS, ainda que por sinais subjacentes.

Pesquisadores estudaram a função cardíaca tendo, como critério, o ronco e a AOS seguindo as informações apresentadas pela UK Biobank, que está disponível para estudiosos de todo o mundo.

Foram analisados os dados de 4.877 participantes do Reino Unido. Estas pessoas passaram por uma ressonância magnética cardíaca. Os referidos participantes foram divididos em três grupos: aqueles com AOS (118 pessoas), aqueles que roncam (1.886 pessoas) e aqueles que não portam AOS nem roncam (2.477 pessoas).

“Nossa análise mostrou que portadores de AOS e roncadores de todos os sexos apresentaram um aumento na massa do ventrículo esquerdo, e isso significa que as paredes da câmara de bombeamento principal do coração estão dilatadas, fazendo com que o coração trabalhe mais”, assegurou o principal autor do estudo, Adrian Curta, residente de radiologia no Hospital Universitário de Munich (Alemanha).

Os homens também não ficaram de fora do parecer de Adrian Curta, que acrescentou: “Também foi descoberto que os homens mostraram um aumento na fração de ejeção de ambos os ventrículos”.

Fonte:
https://www.sciencedaily.com/releases/2018/11/181129084708.htm

 

Comentários

Leia também...

Mulheres que roncam têm maior inclinação a doenças cardíacas

Em comparação ao público masculino, mulheres que roncam ou têm apneia obstrutiva do sono (AOS) sofrem mais danos nas funções cardíacas. Testes mostram que, em geral, roncadores manifestam a presença de AOS, ainda que por sinais subjacentes. Pesquisadores estudaram a função cardíaca tendo, como critério, o ronco e a ... Leia o artigo »

15/07/2019

Fabricantes de dilatadores nasais de olho na terapia complementar

Nas recentes feiras de medicina do sono, dilatadores e tiras nasais de venda livre (que não precisam de receita médica) tem chamado a atenção dos profissionais, desde médicos especialistas na ciência do sono até dentistas. Os dilatadores nasais não têm aprovação para tratar diretamente a apneia obstrutiva do sono, mas em co... Leia o artigo »

15/11/2017

Com a crise, insônia chega a atingir 50% da população

Renda reduzida, consumo menor e o fantasma do desemprego estão fazendo com que brasileiros passem noites em claro. Em tempos de turbulência, insônia pode atingir até 50% da população. Não adianta deixar o quarto escuro, desligar a televisão, rezar ou contar carneirinhos. A crise atual pela qual passa o Brasil tem prejudicado não só... Leia o artigo »

27/06/2016

As horas de sono seriam a chave para o tratamento da depressão?

A medicação é uma importante parte no tratamento de pacientes com transtorno depressivo maior (ou major depressive disorder, em inglês), mas o início do uso de antidepressivos nem sempre é tranquilo. Pode-se levar até 6 semanas para que uma pessoa responda à farmacoterapia e, ainda assim, a taxa de remissão (quando o transtorno deixa de... Leia o artigo »

26/10/2016

Crianças que veem televisão dormem menos

Crianças em idade pré-escolar, que passam maior parte do tempo diante da televisão, dormem pouco. Comparando-as àquelas que não têm esse hábito (ou veem pouca televisão), nota-se uma larga diferença no padrão de sono. Esta constatação tem sido analisada pela área de neurociência da Universidad... Leia o artigo »

15/07/2019