'Dez vezes ao dia deves saber vencer-te a ti mesmo; isto cria uma fadiga considerável.' Nietzsche (Zaratustra)

Mulheres com hábitos diurnos têm menos depressão

Uma experiência científica feita com mais de 32.000 enfermeiras, publicada no Journal of Psychiatric Research, tornou-se a maior e mais detalhada experiência observacional já promovida até agora. Tal pesquisa teve, como objetivo, explorar a ligação entre o cronotipo das mulheres e os transtornos de humor.

Apesar de levar em consideração fatores ambientais, como exposição à luz e rotina de trabalho, o estudo revelou que o cronotipo de cada uma – que em parte é determinado pela genética – influencia moderadamente na disposição à depressão.

Pesquisas feitas anteriormente constataram que as mulheres com cronotipo noturno apresentavam o dobro de chances de sofrerem de depressão. Contudo, essas pesquisas baseavam-se em dados de um determinado momento do dia, restando a dúvida se outros fatores poderiam ou não influenciar no risco de depressão.

Para sanar essa imprecisão, os cientistas colheram os dados de 32.470 mulheres com a idade média de 55 anos, através do Nurses Health Study, que solicita aos enfermeiros formulários de saúde preenchidos bienalmente.

Em 2009, todas as participantes estavam livres de depressão. Quando questionadas sobre os seus padrões de sono, 37% se descreveram como tipo matutino, 53% como tipo intermediário e 10% como tipo tardio, noturno. As participantes foram acompanhadas pelo período de quatro anos.

Ao analisarem os resultados, os pesquisadores concuiram que as mulheres de cronotipos tardios, são menos propensas a serem casadas, mais propensas a viverem sozinhas e a serem fumantes, bem como, mais dispostas a padrões irregulares de sono.

Os mesmos dados revelaram que as participantes que acordam cedo apresentavam um risco de 12-27% menor de estarem deprimidas do que as de cronotipo intermediário., tal como, as de cronotipo tardio tiveram 6% maior propensão à depressão que as de tipo intermediário.

A título de conclusão, os cientistas afirmam que, embora o estudo sugira que o cronotipo é um fator de risco independente para a depressão, isso não significa que as mulheres de cronotipo tardio estejam condenadas a ficarem deprimidas.

Fonte: https://www.sciencedaily.com/releases/2018/06/180614212658.htm 

Texto postado em 10 de Agosto de 2018 e atualizado 06 de Setembro de 2018 .

Comentários

Leia também...

Terapia com CPAP reduz os sintomas da depressão

Estudos científicos [1] detectaram os sintomas da depressão em pessoas que têm apneia do sono. A ligação entre estas doenças é algo muito comum. Porém, foi comprovado que a terapia com aparelho CPAP serve para diminuir consideravelmente os sinais da depressão, como também para tratar a temida apneia do sono. Resultados comprovara... Leia o artigo »

24/06/2019

Qual o tempo ideal por noite?

Cientistas descobriram que o tempo ideal uma noite bem dormida é de 6 a 8 horas de sono, resultando em benefícios para a saúde e o coração. Ultrapassar esse tempo ou diminuir pode se tornar muito prejudicial para à saúde. As conclusões das pesquisas foram apresentadas neste ano no Congresso ESC. A autora do estudo, Epameinondas Fountas, do Ce... Leia o artigo »

25/09/2018

Estimular o cérebro durante a noite melhora a memória

Novas pesquisas feitas em humanos – através de métodos não invasivos – comprovaram que o estímulo cerebral durante a noite resulta em uma melhora expressiva da memória. Esses resultados, publicados no JNeurosci, vieram de um projeto financiado pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos, visando entender melhor todo o processo de consolidaç&... Leia o artigo »

14/08/2018

Óleo essencial de Laranja Doce - Benefícios e dicas de uso

Com prazer, hoje dirigiremos nossa atenção a mais um óleo essencial, o de laranja doce. Trata-se de um extraordinário componente da medicina alternativa, cujo poder curativo vem conquistando incontáveis admiradores. Boas razões para isto não faltam, a começar pelas nossas dicas de uso e benefícios: apresentados nos próximos par&... Leia o artigo »

10/09/2018

Seu quarto é confortável o bastante para dormir?

Você se alimenta bem, bebe bastante água, pratica exercícios, não fica muito tempo em telas de computadores, TVs e etc e mesmo assim não consegue dormir bem a noite? Quer dormir que nem um bebê todas as noites e já fez tudo para dormir bem e mesmo assim continua a não ter um sono repousante e tranquilo? Um estudo feito pela Funç... Leia o artigo »

07/02/2016

Compartilhe

Cadastre seus dados aqui. Junte-se a 5634 pessoas e receba no seu email artigos sobre a saúde do sono.

Sobre nós

Passamos em média 36% da nossa vida dormindo e uma noite ruim de sono significa num dia não muito bom pela frente. Através da nossa loja e blog, queremos ajudar você dormir melhor. Leia sobre nossa história »