'Dormir não é perder tempo.' Mike Wilson

Maconha ajuda a dormir?

Capa post - Maconha ajuda a dormir?

Texto: Postado em Curiosidades e Remédios por Marcelo Morais no dia 17 de Fevereiro de 2014 e última atualização dia 21 de Agosto de 2018 .

Eu sempre encontro pacientes que relatam o uso frequente de maconha para dormir”, diz John Cline, psicólogo clínico. Muitos juram que a maconha ajuda a relaxar e a dormir. Nos EUA, clínicas de saúde mental estão cientes que diversos de seus pacientes usam cannabis para dormir, e também parece que pacientes com insônia também fazem o mesmo. 

Embora permaneça ilegal em grande parte do mundo, ninguém tem dificuldades para comprar a erva, o que acaba causando milhões de prisões em todo mundo. Recentemente, mais estados (Washington e Colorado), nos Estados Unidos, caminham para a liberação do uso e o comércio da maconha. No Uruguai, o plantio e a compra em farmácias já foi liberada. 

A maconha vem sendo usada há milhares de anos pelos seus efeitos medicinais e psicoativos. Tem sido classificada como uma droga alucinógena e de efeito psicodélico leve. Recentemente, está sendo cada vez mais considerada como uma droga singular em relação aos benefícios medicinais. Apesar de ser classificada de diversas maneiras, seus efeitos incluem: ligeira euforia, alteração do estado atual da consciência, relaxamento, alterações perceptivas e intensificação de experiências sensoriais. Mas que evidência temos em relação aos seus efeitos no sono?

A maioria das pesquisas feitas em relação à maconha e ao sono foram conduzidas nos anos 70, nos Estados Unidos. Pesquisas recentes, em relação a qualquer tipo de efeito ou benefício proporcionado pela maconha, têm sido mais difíceis de serem conduzidas devido a restrições legais.

Acontece que a cannabis é uma droga extremamente complexa e seus efeitos dependem da variedade da planta e a forma como é usada. Em geral, seus efeitos são causados pela ação dos químicos (principalmente o THC) que ativam os receptores de canabinóides no sistema nervoso central. Em pequenas doses, seus efeitos tendem a ser sedativos e relaxantes. Em doses moderadas, agem como estimulante e, em doses grandes, oferecem efeitos psicodélicos.

Estudos

Um dos estudos [3] conduzidos nos anos 70 mostrou alguns dos possíveis efeitos da cannabis no sono. Pequenas doses de THC (4 a 20mg) causaram uma leve diminuição do sono REM em usuários regulares e não regulares de maconha. Curiosamente, o sono profundo (estágio 3 e 4 do sono NREM) aumentou quando a cannabis foi inicialmente usada. Mas o efeito desapareceu com o uso contínuo. Com doses mais elevadas de THC (50 a 210mg), o sono REM diminuiu em usuários regulares e não regulares. A quantidade de horas dormindo continuou a mesma.

Em um outro estudo [4], conduzido em 2008, também concluiu que o THC ajuda o usuário a pegar no sono. Isso aumenta o sono profundo, porém reduz o sono REM, um dos estágios mais importantes do sono. Nesse mesmo estudo, também foi notado que algumas pessoas tiverem sintomas de abstinência ao parar o uso prolongado e intenso de maconha, afetando o sono.

A diminuição do sono REM mostra a razão pela qual os usuários de maconha reportaram que não tiveram sonhos ou sonharam muito pouco durante a noite. Outro dado interessante mostra que o efeito chamado “REM rebound” é notado após o interrupção do uso de THC [4]. Esse efeito faz com que as pessoas entrem no sono REM mais rápido e passem mais tempo nesse período.

O que isso significa para a saúde?

Levando esses estudos em consideração, parece que a maconha atrapalha o sono REM, mas seus efeitos não são todos negativos. Além de ajudar a pegar no sono mais rápido, pessoas que sofrem com falta de sono e/ou insônia podem ser beneficiadas com uso de maconha. 

Um dos efeitos mais nocivos da privação do sono são causados pela falta de sono profundo (estágios 3 e 4 do sono NREM), responsável por aumentar o risco de hipertensão [8]. Como a maconha aumenta o sono profundo [3][4], pessoas com esse problema também podem ser beneficiadas.

Apesar dos benefícios, a falta do sono REM causado pelo THC deve ser estudado com cuidado. Especialistas ainda não sabem ao certo porque sonhamos - fase do sono chamada REM - e qual efeito isso tem no cérebro. Pesquisas [9] mostram que a falta do sono REM tem pouco ou nenhum impacto no aprendizado e memória, enquanto outras pesquisas mostram que podem melhorar a memória. A diminuição de sono REM também tem demonstrado aliviar os sintomas da depressão [5] [6] [7] [9]. De qualquer forma, especialistas acreditam que o sono REM tem algum tipo de efeito positivo no corpo.

Conclusão

Ainda sabemos muito pouco sobre a importância do sono. Nos últimos 25 anos, o volume de pesquisas tem aumentado e aos poucos estamos aprendendo mais sobre essa necessidade de qualquer ser humano. Em relação aos efeitos da maconha no sono, devido às restrições legais, parece que ainda vamos demorar muito para aprender mais sobre os benefícios medicinais dessa planta. Uma pena!

Fontes e referências:
[1] http://www.psychologytoday.com/blog/sleepless-in-america/201211/cannabis-and-sleep
[2] http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/6299682
[3] Roehrs, T. & Roth, T. (2011). Medication and Substance Abuse in Kryger, M. H., Roth, T. & Dement, W. C. Principles and Practice of Sleep Medicine 5th Edition. St. Louis, Missouri: Elsevier Saunders.
[4] http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18313952
[5] http://www.why-we-dream.com/depression.htm
[6] http://www.brainpickings.org/index.php/2012/08/13/the-twenty-four-hour-mind-rosalind-cartwright/
[7] http://behaviorhealth.org/link_between_rem_sleep_and_depre.htm
[8] http://hyper.ahajournals.org/content/58/4/596.short
[9] http://www.semel.ucla.edu/sites/all/files/sciamsleep.pdf

Comentários

Leia também...

O que sua posição de dormir diz sobre você

Será que existe uma relação entre a posição na qual você dorme e sua personalidade? Um estudo, feito pelo professor britânico Chris Idzikowski, sugere que nosso corpo pode nos dar pistas sobre nossa personalidade, mesmo quando estamos dormindo.  Chris Idzikowski entrevistou mil homens e mulheres, e encontrou uma correlação... Leia o artigo »

09/02/2014

Ler antes de dormir realmente ajuda?

Boas ideias acompanham o sono do leitor que, tradicionalmente, conserva um livro na cabeceira. Páginas físicas ou virtuais: o importante é ler! Sempre mexe com a imaginação conhecer heróis que resistem ao canto das sereias ou veem gigantes em moinhos de vento. Outros leitores, descompromissados, afirmam encontrar nas linhas de qualquer pará... Leia o artigo »

03/12/2018

Sonambulismo - O que é? Como acontece? O que fazer?

Observar uma pessoa sonâmbula nutre a curiosidade e o assombro de qualquer espectador. Dito mistério, retratado em filmes, pode ser a ação necessária para que um personagem, sem prestar explicações, dê à história um desfecho genial - o suspense se torna mais envolvente e a comédia provoca mais gargalhadas. Longe dos palcos,... Leia o artigo »

30/08/2018

O que é ASMR? O chamado orgasmo mental

Por acaso você sabe o que esse vídeo significa? Não? Então, nos dê um pouco de sua atenção: este vídeo, no qual encontra-se uma voz suave, agradável, gentil e limpa, gera estímulos auditivos, visuais e cognitivos que, por fim, desencadeiam sensações agradáveis e relaxantes. Trata-se de um método&nb... Leia o artigo »

10/06/2016

Overdose de melatonina, é possível?

Todo consumo feito em excesso pode colocar a saúde em risco. Cá entre nós: não se trata de uma grande novidade, porém (a fim de esclarecer dúvidas e orientar nossos leitores) hoje nosso artigo parte da seguinte questão: overdose de melatonina, é possível? Se você está curioso para saber, explore os próximos paragr&a... Leia o artigo »

23/01/2019