'O sono é a corrente dourada que une a saúde aos nossos corpos.' Thomas Dekker

Insônia gera US$ 31 bilhões em prejuízos

Capa post - Insônia gera US$ 31 bilhões em prejuízos

Texto: Postado em Estudos e Notícias por Mateus no dia 27 de Setembro de 2018 .

Um novo estudo promovido indica que a insônia deu causa a 274,000 erros, o que causou um prejuízo de mais de US$31 bilhões devido à acidentes e erros no local de trabalho em um período de 12 meses.

Os pesquisadores usaram dados da American Insomnia Survey (AIS), que consistiam em resultados de pesquisas telefônicas feitas em todo país com 10.094 americanos que tinham seguro de saúde. Os cientistas publicaram os resultados na revista Archives of General Psychiatry. É de longe a maior atenção dada aos efeitos da insônia em locais de trabalho.

É óbvio que a privação do sono levaria a mais erros no trabalho, contudo, apenas dois pequenos estudos realizados anteriormente na França tentaram determinar um número para esses erros e seus prejuízos.

Foram perguntados aos participantes se eles já tiveram “algum erro no trabalho que causou um prejuízo de US$500,00 ou mais”. 20% dos participantes afirmaram sofrer de insônia e 4,3% dizem ter cometido erros gravíssimos no trabalho durante o último ano. A insônia tornou os participantes quase duas vezes mais propensos a cometerem erros ou a sofrerem algum acidente no local de trabalho.

O custo médio de um erro ou acidente foi superior a US$ 20.000.

Os cientistas acreditam que os empregadores devem procurar sinais de insônia em seus contratados, que pode ajudar a diminuir os dias de licença médica, eventuais ausências de funcionários e principalmente a melhorar o resultado final da empresa.

 

Fontes:
https://scitechdaily.com/study-suggests-31-billion-in-losses-due-to-workplace-insomnia/
https://jamanetwork.com/journals/jamapsychiatry/fullarticle/1370486

Comentários

Leia também...

Pouco sono provoca solidão e rejeição social

Pesquisadores da Universidade da Califórnia, Berkeley, descobriram, através de estudos científicos, que as pessoas privadas de um tempo saudável de sono sentem-se mais solitárias e evitam se envolver socialmente com outras pessoas. O estudo também revela que esse comportamento alienante tem resultados ainda mais devastadores, uma vez que esses indiví... Leia o artigo »

11/09/2018

Hipnose pode ajudar no sono

Estudos descobriram que pessoas suscetíveis à hipnose podem ter um sono melhor depois de uma sessão rápida de hipnose, dizem pesquisadores suíços. Depois de fazer uma sessão de hipnose através de um áudio, 80% das mulheres que fizeram a sessão passaram mais tempo na fase de sono profundo comparadas àquelas que não ... Leia o artigo »

04/02/2015

Cientistas descobrem proteínas que regulam o sono

Um novo estudo relatado no Proceedings of National Academy of Sciences (PNAS) mostrou que uma única mutação numa proteína dos ratos tem grandes efeitos na forma como os ratos dormem e em seu estado de vigília. Esta pesquisa também poderia lançar luz sobre os mecanismos fisiológicos que regulam o sono em humanos. Neste estudo realizado por pes... Leia o artigo »

23/10/2018

Mudanças no padrão de sono das crianças geram grandes impactos

Um estudo publicado na revista Pediatrics constatou que um pequeno aumento no tempo de descanso das crianças pode melhorar significativamente o comportamento delas, ao passo que a diminuição desse tempo pode causar o efeito inverso. Esse novo estudo é a primeira investigação controlada dos efeitos do aumento e redução do sono no comportamento... Leia o artigo »

02/10/2018

Genes que regulam o quanto sonhamos

O sono é um comportamento universal e extremamente vital para os animais. Em vertebrados superiores, como mamíferos e aves, o sono é classificado em duas fases: sono de movimento rápido dos olhos (REM, no qual ocorre os sonhos) e sono não REM. Durante o sono REM, nosso cérebro é tão ativo quanto quando estamos acordados, ao passo que acredita... Leia o artigo »

05/09/2018