'Mentes cansadas não planejam bem. Durma primeiro, planeje depois.' Dalai Lama

Excesso de luz LED à noite e os efeitos na saúde

Capa post - Excesso de luz LED à noite e os efeitos na saúde

Texto: Postado em Diversos por Marcelo Morais no dia 25 de Abril de 2019 .

A sociedade moderna oferece uma quantidade enorme de luz. Temos luzes para nos guiar à noite, para nos prevenir dos perigos, para nos proteger. Estamos acordados até mais tarde graças às luzes artificiais. Contudo, apesar de todas as coisas boas que a luz nos possibilita, há também malefícios presentes em toda esta luminosidade - em particular, nos LEDs. Estes podem causar efeitos a nível mental e físico. É necessário, então, avaliar o balanço destes benefícios e malefícios!

Para quem segue nossa loja, o papel da melatonina não deve ser segredo. Este potente hormônio regula o sono! Ele é basilar no controle do nosso ciclo circadiano, conhecido como "relógio biológico". Conforme o pôr do sol se aproxima, mais e mais melatonina é produzida pelos nossos organismos. Porém, a exposição à luz artificial interfere neste processo.

Isto, em primeiro lugar, causa redução na sonolência. Estudos mostram que esta diminuição no sono pode desenvolver distúrbios como irritabilidade e problemas de memória, entre outras doenças. A claridade em nossa vida quotidiana, sempre ocasionada pelas luzes artificiais, é capaz de - paradoxalmente - escurecer nossa saúde psicológica, conforme estudos que demonstram uma correlação positiva entre o nível de luminosidade noturna e os níveis de depressão. Ciclos corretos de sono podem, através dos níveis de cortisol e de melatonina, ajudar a combater o cancro. Ainda que não seja uma arma para combater especificamente os estágios de evolução do cancro, pode enfraquecer o aparecimento dos mesmo, reforçando o papel de uma boa noite de sono. 

É, portanto, uma boa ideia reduzir o nível da luz à qual nos expomos durante as horas noturnas, levando mais em consideração as de LED! Mas não pense que a luz artificial é algo totalmente negativo, de maneira que é necessário livrar-se disso por completo. Não. A exposição à luz dos LCDs/LEDs consegue melhorar os nossos níveis de atenção e o tempo de reação/disposição durante o dia - embora, à noite, cause desordem em nossos relógios biológicos, criando a ilusão de estarmos acordados além da hora devida. Felizmente, as luzes vermelhas/laranjas não são prejudiciais ao sono, pois reprimem menos a produção de melatonina. 

Algumas sugestões a seguir para reduzir os problemas do uso de luzes à noite, a fim de melhorar sua disposição durante o dia. Vejamos:

  • Desligue os aparelhos eletrónicos: 1 hora antes de ir para a cama, evite o uso de equipamentos que emitem luz brilhante ou LED. Caso haja esta opção, coloque os dispositivos em "modo noturno", para que transmitam luz de tonalidade laranja ou vermelha (como dito anteriormente, não têm tanto efeito negativo).

  • Transforme seu quarto em um lugar tranquilo: Afaste qualquer fonte de luz brilhante, para evitar a tentação de usá-la enquanto estiver na cama.

  • Instale filtros no smartphone: Caso você não consiga se manter longe dos dispositivos, poderá instalar App's que filtram a luz do smartphone, por exemplo.

  • Escuridão é a melhor amiga: Quanto mais escuro o quarto, melhor! Instale cortinas escuras, feche as portas, procure a escuridão completa!

  • Diminua a força da luz: Instale interruptores com controlo de luminosidade. É recomendável permanecer em ambientes à meia luz antes de deitar-se.

  • Acorde com o sol: Acordar com a luz solar é a melhor maneira de despertar-se. Por isso: ou tenha cortinas programadas para abrir à hora de amanhecer, ou abra você mesmo a cortina bem cedinho. 

Comentários

Leia também...

Suítes para casais que dormem separados viram tendência nos EUA

Um detalhe bastante peculiar está chamando a atenção do mercado imobiliário americano: casas de luxo com suítes master separadas estão caindo no gosto dos casais de Nova York. A ideia tem agradado homens e mulheres que não possuem os mesmos hábitos noturnos de seus pares, ou que simplesmente desejam fugir do padrão. Uma pesquisa feita ... Leia o artigo »

24/03/2017

O que é polissonografia?

Já falamos diversas vezes aqui sobre apneia do sono e como o exame de polissonografia é capaz de detectar o problema, mas nunca falamos sobre o que é, como funciona, como se preparar e o que esperar do exame de polissonografia que também é utilizado para identificar outros problemas além da apneia do sono como ronco, dispneia à noite, sonolênc... Leia o artigo »

06/05/2017

Modelos de fones de ouvido para dormir

Já falamos aqui que dormir com fones de ouvido pode não ser muito confortável, mas levando em consideração que existem fones de ouvido feitos especialmente para proporcionar conforto na hora de dormir, a história é outra... Seja para dormir escutando música, podcasts e até ruídos brancos, os fones de ouvido também s&atild... Leia o artigo »

15/03/2015

12 Problemas que podem causar suores noturnos

Médicos escutam com frequência alguns pacientes reclamarem de suores noturnos, isso se refere ao suor excessivo durante a noite, enquanto dormem. Se você dorme num quarto quente ou tem o costume de dormir com muitas roupas, é possível que esse suor noturno seja normal. Mas quem tem problema com suor enquanto dorme, geralmente é tanto que chegam a molhar os l... Leia o artigo »

02/05/2015

Como o alto consumo de açúcar afeta o sono?

O alto consumo de açúcar tem se tornado um fato comum na vida de muitos brasileiros. Encontra-se, em quase todas as dispensas, pacotes de biscoito recheado ou engradados de refrigerante. Outros vestígios até passam despercebidos, como balinhas açucaradas no porta-luvas do carro, além daquele famoso chocolate, sempre guardado a sete chaves. Como resistir &a... Leia o artigo »

15/11/2018