'Ainda que poucas pessoas o saibam, é preciso ter todas as virtudes para dormir bem.' Nietzsche (Zaratustra)

Entenda mais sobre Dramin, Dramin B6 e Nausicalm B6

Capa post - Entenda mais sobre Dramin, Dramin B6 e Nausicalm B6

Texto: Postado em Remédios por Marcelo Morais no dia 04 de Maio de 2015 e última atualização dia 25 de Julho de 2018 .

Diversos leitores têm descoberto o Dorminhoco quando procuram informações sobre Dramin. Em meio a tantas buscas e resultados, incluindo o conteúdo disponível aqui, deparam-se com meu relato de uso, onde exponho o vício que este remédio me causou. 

A dúvida mais comum dos leitores é saber se este remédio dá sono. Isso já foi esclarecido e a resposta é: sim, ele estimula o sono! No entando, naturalmente surgem outras dúvidas: Qual é o melhor? O que há de diferente entre a variedade de Dramins que encontramos no mercado? Se você deseja saber mais, explore mais um de nossos artigos. Boa leitura! 

1 - Dramin, Dramin B6 e Nausicalm B6: Qual é a diferença?

O princípio ativo do Dramin é a substância dimenidrinato, e ela é a mesma encontrada no Dramin B6 e no Nausicalm B6, sendo este último um remédio idêntico ao Dramin B6. Todos estes remédios têm, como principal objetivo, aliviar os seguintes sintomas: ânsia de vomitar, náuseas, enjoos em viagens, etc.

Como muitas pessoas já sabem, o Dramin é usado, principalmente, por quem tem dificuldades para dormir, o que até serve como ajuda, diga-se de passagem.  Entretanto, este remédio não possui como finalidade principal estimular o sono ou ser um calmante. A sonolência é apenas um de seus efeitos colaterais, fique ciente disso. 

2 - Qual dos três medicamentos é o mais forte?

A principal diferença entre o Dramin comum e o Dramin B6 (bem como o Nausicalm B6) é que o segundo modelo vem com cloridrato de piridoxina (vitamina B6) e 50% a menos de dimenidrinato, sendo indicado para mulheres grávidas, pois age contra as náuseas e o vômito. 

Com as diferenças apresentadas no parágrafo anterior, podemos concluir que o Dramin comum é o mais forte (em dimenidrinato) comparando-o aos modelos B6.

O dimenidrinato, sua principal substância ativa, é um antiemético empregado contra enjoos, mas também é um vasodilatador arterial, pois causa queda na pressão arterial. 

Atualização 23/Julho/2018: Sempre ressaltamos o quanto é necessário ter atenção ao utilizar medicamentos sem receita médica, pois eles têm a capacidade de comprometer tratamentos ou até mesmo disfarçar os sintomas de uma doença grave. Infelizmente, o próprio Dramin pode ser um deles! Quer saber mais com riqueza de detalhes? Então, nós lhe indicamos a leitura deste artigo

3 - Efeitos colaterais / Contraindicações / Interação medicamentosa

3.1 - Efeito colaterais

Se você utiliza ou pretende utilizar o Dramin comum, apresentaremos a seguir uma pequena lista com os possíveis efeitos colaterais causados por este medicamento - eles são "possíveis", embora nem sempre ocorram. Aliás, certos efeitos colaterais são raros, porém não descartamos seu alto nível de gravidade. Aqui estão eles:

  • Sonolência
  • Enjoo
  • Visão turva
  • Dificuldade e dor ao urinar
  • Dor de cabeça
  • Anorexia
  • Nervosismo
  • Inquietação
  • Insônia

* Se, após fazer uso do medicamento, você perceber algum efeito colateral não mencionado acima, busque o auxílio médico. No mais, caso algum desses efeitos não desapareçam, procure um consultório médico o quanto antes! Se você toma Dramin a fim de eliminar o enjoo, mas sente muita sonolência, recomendamos que vá ao médico e, com ele, explore uma nova alternativa. 

3.2 - Contraindicações

Em primeiro lugar, antes de fazer uso do Dramin e de seus derivados, informe seu médico. Você deve mantê-lo sempre informado antes de consumir qualquer medicamento de venda livre, como vitaminas e suplementos à base de erva, por exemplo. Certas doenças (alergias ou enfermidades já existentes) podem facilitar o surgimento de efeitos colaterais.

Mulheres grávidas devem optar pelo modelo B6, seja Dramin ou Nausicalm, pois trata-se do mais adequado - suspeita-se que o princípio ativo do Dramin comum atrapalha o desenvolvimento do feto, colocando-o em risco. Se você está grávida, escolha o modelo B6 e SEMPRE busque um acompanhamento médico. O Dramin comum deve ser evitado por:

  • Pacientes com asma bronquial.
  • Pacientes com arritmia cardíaca.
  • Pacientes com glaucoma de ângulo estreito.
  • Pacientes com hipertrofia prostática (aumento da próstata).
  • Pacientes com obstrução nas vias urinárias.
  • Pacientes com obstrução duodenal.
  • Pacientes com úlcera péptica.
  • Pacientes do ramo pediátrico.

Contudo, este medicamento, quando usado em crianças, diminui o estado de alerta mental ou produz excitação. Também não recomendamos o consumo de Dramin com bebidas alcoólicas ou antes de dirigir/operar máquinas perigosas.  

3.3 - Interação com outros medicamentos

Lembre-se que o Dramin pode interagir com um desses medicamentos:

  • Antibióticos que causam ototoxidade.
  • Sedantes, tranquilizantes e hipnóticos que atuam no sistema nervoso central. 

Atenção! o Dorminhoco não é um blog escrito por profissionais da saúde. Evite a automedicação! Compartilhamos informações no intuito de ajudar nossos leitores, mas SEMPRE recomendamos que você consulte um profissional adequado.

Referências bibliográficas:
[1] https://www.tabletwise.com/brazil/dramin-tablet

Comentários

Leia também...

Entenda mais sobre Dramin, Dramin B6 e Nausicalm B6

Diversos leitores têm descoberto o Dorminhoco quando procuram informações sobre Dramin. Em meio a tantas buscas e resultados, incluindo o conteúdo disponível aqui, deparam-se com meu relato de uso, onde exponho o vício que este remédio me causou.  A dúvida mais comum dos leitores é saber se este remédio dá sono. Isso ... Leia o artigo »

04/05/2015

O guia de remédios para dormir

Um dos principais motivos pelos quais os leitores chegam ao nosso blog é o post: 'Como o Dramin Mudou Minha Vida'. Trata-se de um relato pessoal, voltado para o uso do remédio Dramin. Isso me fez acreditar que muitas pessoas chegam aqui procurando remédios para dormir, o que de fato é verdade, e me levou a escrever esse post: uma lista detalhada com o nom... Leia o artigo »

13/06/2015

Por que antialérgicos dão tanto sono?

Pessoas alérgicas sofrem. Aqui, o mal-estar de cada uma é acompanhado por um ou diversos sintomas, como ardência nos olhos, coceira na pele, congestão nasal, dor de barriga... Reações alérgicas são, em geral, causadas por ácaros, picada de insetos, pólen, determinados alimentos etc. O que causa alergia em você? Segundo... Leia o artigo »

19/12/2018

Conheça os principais remédios para dormir

Boa parte da população sofre em algum momento da vida com problemas para dormir e mesmo que não seja adequado, muitas pessoas recorrem logo aos remédios para pegar no sono rápido. Existem diversos tipos de remédios (leves, moderados, pesados) e também suplementos que podem ser usados para melhorar o sono ou apenas fazer você adormecer. Mas ant... Leia o artigo »

28/03/2015

Como o Dramin mudou minha vida

Famoso no Brasil, o Dramin é amplamente usado além do seu principal objetivo: tratar náuseas, vertigem, tontura e vômito. Este medicamento, que pode ser comprado sem receita médica, é usado para ajudar a dormir e isso o tornou conhecido. Quem já usou, sabe: o remédio deixa a pessoa bem sonolenta, ajudando-a a pegar no sono com nenhum... Leia o artigo »

20/04/2014