'Ainda que poucas pessoas o saibam, é preciso ter todas as virtudes para dormir bem.' Nietzsche (Zaratustra)

Dormir mal engorda?

Capa post - Dormir mal engorda?

Texto: Postado em Estudos por Marcelo Morais no dia 06 de Março de 2015 e última atualização dia 28 de Setembro de 2018 .

Pular uma única noite de sono causa mudanças na atividade cerebral, o que desperta a necessidade de consumir mais gordura durante o dia, segundo a descoberta feita por um estudo. Este mesmo estudo aponta a diferença entre a falta de sono e o risco de obesidade. 

“A principal descoberta desse estudo é que uma única noite de sono perdida ou de pouco sono altera o funcionamento de uma parte do cérebro chamada de ‘rede de saliência'”, diz Hengyi Rao, autor do estudo.

De acordo com Rao, a "rede de saliência" é uma parte do cérebro que influencia como serão suas decisões. Hengyi Rao é professor assistente de neuroimagem cognitiva e psiquiatria dentro da divisão de sono e cronobiologia da Universidade de Pensylavania.

Uma análise no cérebro revelou exatamente como a rede mudou em virtude da perda de sono, permitindo a equipe de estudo prever, com precisão, o quanto de gordura o participante do estudo poderia consumir no dia seguinte em consequência da perda de sono. 

“Esse é o primeiro estudo a vincular as alterações na região funcional do cérebro com o consumo real de alimentos após a privação do sono”, diz Rao.

A rede de saliência é constituída por três diferentes áreas posicionadas na parte frontal do cérebro. Estas áreas estão envolvidas no aparecimento e interpretação de emoções, percepção sensorial e na produção de estratégias mentais, explicam os autores do estudo.

Para explorar os resultados da pesquisa, foram recrutados 46 adultos saudáveis, não obesos e com idades entre 21 - 50 anos. Todos eram não fumantes e disseram que dormiam entre 6 - 8 horas por noite.

Nenhum sofria com qualquer distúrbio do sono ou qualquer complicação médica. Todos foram convidados a passar cinco dias consecutivos em um laboratório do sono.

Fontes e referências:
http://www.webmd.com/sleep-disorders/news/20150225/could-a-bad-nights-sleep-make-you-eat-more-fatty-food

Comentários

Leia também...

Falta de sono pode causar enxaqueca diz estudos

Se você sofre com enxaqueca, talvez seja necessário prestar mais atenção no seu sono. Vários estudos mostraram que problemas no sono como insônia, apneia do sono, ronco podem ser o gatilho para crises de enxaqueca. A enxaqueca é causada quando as células nervosas hiperativas enviam impulsos para os vasos sanguíneos, fazendo os vasos se c... Leia o artigo »

28/03/2015

Oxigenoterapia - O que é e como pode beneficiar o sono?

Para diversas pessoas, a oxigenoterapia ainda soa como novidade, embora não seja um tratamento tão recente. Utilizar este recurso beneficia a saúde em vários aspectos, contando com a cura de doenças que afetam o sono. Nesse artigo, definiremos o que é a oxigenoterapia, quais são as vantagens oferecidas por ela, quem necessita usá-la e uma s&e... Leia o artigo »

16/08/2018

Música ajuda a dormir?

Dentre diversos conselhos para dormir melhor, podemos citar uma rotina relaxante. Em outras palavras, trata-se de optar por hábitos simples antes de dormir, como a leitura de um livro, alguns minutinhos de ioga ou apreciar a melodia de uma doce canção. Também é recomendável praticar a atividade escolhida todos os dias, levando em consideraç&ati... Leia o artigo »

18/01/2014

O alcoolismo pode agravar a insônia

Estudos revelam que consumir bebidas alcoólicas põe em risco a qualidade do sono. Temos, aqui, uma conclusão constatada a partir de 135 estudos [1], todos ligados a quatro bases internacionais de dados - Pubmed, Medine, Embase e Google Scholar. São pesquisas realizadas com homens e mulheres falantes da língua inglesa. Assim, tais estudos analisaram, de ... Leia o artigo »

24/04/2019

Óleo essencial de Laranja Doce - Benefícios e dicas de uso

Com prazer, hoje dirigiremos nossa atenção a mais um óleo essencial, o de laranja doce. Trata-se de um extraordinário componente da medicina alternativa, cujo poder curativo vem conquistando incontáveis admiradores. Boas razões para isto não faltam, a começar pelas nossas dicas de uso e benefícios: apresentados nos próximos par&... Leia o artigo »

10/09/2018