'Não é pouco saber dormir; para isso é preciso aprontar-se durante o dia.' Nietzsche (Zaratustra)

Depressão está diretamente ligada ao sono

A ligação entre a depressão e noites mal dormidas foi comprovada e identificada pela primeira vez através de um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Warwick (Reino Unido) e da Universidade de Fudan (China).

Os cientistas descobriram que existe uma conectividade funcional entre as áreas do cérebro associadas à memória de curto prazo, personalidade, emoções negativas e maus pensamentos; e uma má qualidade do sono.

A pesquisa coletou dados de 10 mil pessoas, vez que os pesquisares descobriram que essas conectividades funcionais fundamentam a relação entre os problemas depressivos e a qualidade do sono.

O estudo ainda pode revelar uma melhor forma de se atingir a qualidade de sono para as pessoas com depressão, e também, abre a possibilidade para novos tratamentos direcionados ao combate desse quadro.

Ficou claro que a depressão e problemas de sono andam de mãos dadas. Cerca de 75% dos pacientes deprimidos relataram sofrer de distúrbios do sono, como a dificuldade de pegar no sono e a curta duração deste (insônia). Dito isto, resta comprovado que pessoas com insônia têm um risco muito maior de sofrerem de depressão e ansiedade do que aquelas que dormem uma noite tranquila de sono.

A referida pesquisa foi publicada na JAMA Psychiatry e é de autoria do professor Jianfeng Feng, do professor Edmund Rolls e do Dr. Wei Cheng.

Fonte:
https://medicalxpress.com/news/2018-07-neural-link-depression-bad.html

Texto postado em 31 de Agosto de 2018 .

Comentários

Leia também...

Depressão está diretamente ligada ao sono

A ligação entre a depressão e noites mal dormidas foi comprovada e identificada pela primeira vez através de um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Warwick (Reino Unido) e da Universidade de Fudan (China). Os cientistas descobriram que existe uma conectividade funcional entre as áreas do cérebro associadas à memória de curto... Leia o artigo »

31/08/2018

Pouco sono provoca solidão e rejeição social

Pesquisadores da Universidade da Califórnia, Berkeley, descobriram, através de estudos científicos, que as pessoas privadas de um tempo saudável de sono sentem-se mais solitárias e evitam se envolver socialmente com outras pessoas. O estudo também revela que esse comportamento alienante tem resultados ainda mais devastadores, uma vez que esses indiví... Leia o artigo »

11/09/2018

Sono é causa de 30% das mortes em rodovias brasileiras

Dados da Associação Brasileira do Sono (ABS) mostram que até 30% das mortes ocasionadas em rodovias brasileiras são causadas por motoristas que dormem ao volante. Pensando nisso, o Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) faz um alerta sobre os perigos de dirigir cansado e sonolento. "Com o ritmo estressante e agitado do trânsito nas cidades e at&e... Leia o artigo »

17/05/2016

Qual o tempo ideal por noite?

Cientistas descobriram que o tempo ideal uma noite bem dormida é de 6 a 8 horas de sono, resultando em benefícios para a saúde e o coração. Ultrapassar esse tempo ou diminuir pode se tornar muito prejudicial para à saúde. As conclusões das pesquisas foram apresentadas neste ano no Congresso ESC. A autora do estudo, Epameinondas Fountas, do Ce... Leia o artigo »

25/09/2018

Música ajuda a dormir?

Dentre diversos conselhos para dormir melhor, podemos citar uma rotina relaxante. Em outras palavras, trata-se de optar por hábitos simples antes de dormir, como a leitura de um livro, alguns minutinhos de ioga ou apreciar a melodia de uma doce canção. Também é recomendável praticar a atividade escolhida todos os dias, levando em consideraç&ati... Leia o artigo »

18/01/2014

Compartilhe

Preencha seus dados aqui e junte-se a 5515 pessoas e receba no seu email dicas para dormir melhor.

Sobre

Passamos em média 36% da nossa vida dormindo e sabemos que uma noite ruim de sono significa num dia não muito bom pela frente. Através da nossa loja e blog, nosso objetivo é ajudar você dormir melhor. Leia um pouco sobre nossa história.