'Um dia bem gasto traz um sono feliz.' Leonardo da Vinci

Aparelho CPAP pode reduzir a frequência cardíaca em pré-diabéticos

Levando em consideração pacientes pré-diabéticos, que sofrem de apneia obstrutiva do sono, usar aparelho CPAP proporciona a eles melhor ritmo cardíaco durante o sono, favorecendo a saúde cardiovascular. Esta afirmação parte de um experimento controlado e randomizado (isto é, com a introdução de um elemento aleatório).

Segundo Sushmita Pamidi, principal autora do estudo, pesquisadora médica do sono e atuante na Universidade de McGill: estudos anteriores constataram que a apneia obstrutiva do sono está associada ao aumenta da atividade simpática, que é responsável por ativar a resposta de “luta ou fuga”. Em consequência, isto pode elevar nosso ritmo cardíaco.

O referido estudo, cuja dimensão envolveu 39 participantes, constatou que os pacientes pré-diabéticos usuários de CPAP apresentaram um ritmo cardíaco significativamente mais baixo durante o dia e a noite, em comparação àqueles que não seguiam o mesmo tratamento.

“O efeito gerado pelo CPAP na frequência cardíaca durante o repouso pode ser comparado ao uso de bloqueadores beta”, disse Esra Tasali, diretor do Centro de Investigação do Sono da Universidade de Chicago. Os bloqueadores beta costumam ser receitados para pessoas que têm problemas cardíacos. Contudo, eles também bloqueiam tanto o “hormônio do estresse” quanto a adrenalina que aumenta a frequência cardíaca.

Fonte: https://www.sciencedaily.com/releases/2018/05/180521092736.htm  

Texto postado em 01 de Março de 2019 .

Comentários

Leia também...

O alcoolismo pode agravar a insônia

Estudos revelam que consumir bebidas alcoólicas põe em risco a qualidade do sono. Temos, aqui, uma conclusão constatada a partir de 135 estudos [1], todos ligados a quatro bases internacionais de dados - Pubmed, Medine, Embase e Google Scholar. São pesquisas realizadas com homens e mulheres falantes da língua inglesa. Assim, tais estudos analisaram, de ... Leia o artigo »

24/04/2019

Falta de sono pode afetar a economia de um país

Dormir mal pode ser considerado um problema que atinge a saúde pública. Segundo fontes científicas [1], um em cada três adultos sofre de insônia em todo o mundo. A revista SLEEP divulgou um estudo feito pela Universidade de Oxford Press, que destaca uma relação muito próxima entre a insônia e um possível impacto negativo gerado na ... Leia o artigo »

26/06/2019

Cientistas encontram possível ligação entre AOS e doenças cardiovasculares

Na Universidade da Califórnia (UC) de San Diego, uma equipe de pesquisa descobriu uma possível ligação entre apneia do sono e doenças cardiovasculares.  O estudo promovido afirma que 12% da população adulta dos EUA tem AOS. Por consequência deste quadro, o corpo é exposto a condições de baixa oxigenação ... Leia o artigo »

10/08/2018

Insônia gera US$ 31 bilhões em prejuízos

Um novo estudo promovido indica que a insônia deu causa a 274,000 erros, o que causou um prejuízo de mais de US$31 bilhões devido à acidentes e erros no local de trabalho em um período de 12 meses. Os pesquisadores usaram dados da American Insomnia Survey (AIS), que consistiam em resultados de pesquisas telefônicas feitas em todo país com 10.094 ameri... Leia o artigo »

27/09/2018

Sono é causa de 30% das mortes em rodovias brasileiras

Dados da Associação Brasileira do Sono (ABS) mostram que até 30% das mortes ocasionadas em rodovias brasileiras são causadas por motoristas que dormem ao volante. Pensando nisso, o Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) faz um alerta sobre os perigos de dirigir cansado e sonolento. "Com o ritmo estressante e agitado do trânsito nas cidades e at&e... Leia o artigo »

17/05/2016

Compartilhe

Preencha seus dados aqui e junte-se a 5515 pessoas e receba no seu email dicas para dormir melhor.

Sobre

Passamos em média 36% da nossa vida dormindo e sabemos que uma noite ruim de sono significa num dia não muito bom pela frente. Através da nossa loja e blog, nosso objetivo é ajudar você dormir melhor. Leia um pouco sobre nossa história.