'Ainda que poucas pessoas o saibam, é preciso ter todas as virtudes para dormir bem.' Nietzsche (Zaratustra)

Terapia com CPAP reduz os sintomas da depressão

Capa post - Terapia com CPAP reduz os sintomas da depressão

Texto: Postado em Estudos por Caio Cesar no dia 24 de Junho de 2019 .

Estudos científicos [1] detectaram os sintomas da depressão em pessoas que têm apneia do sono. A ligação entre estas doenças é algo muito comum. Porém, foi comprovado que a terapia com aparelho CPAP serve para diminuir consideravelmente os sinais da depressão, como também para tratar a temida apneia do sono.

Resultados comprovaram que quase 73% dos portadores de apneia do sono (213 de 293 pacientes) apresentaram sintomas depressivos no início dos experimentos. Nesse ponto, homens e mulheres apresentavam certa semelhança. Constatou-se, também, que a depressão piorava conforme o quadro de apneia se tornava mais grave.

Analisando os pacientes através de uma visão geral, apenas 4% deles permaneceram com os sintomas da depressão, mesmo após fazer terapia durante três meses com aparelho CPAP. Outros participantes (41 pacientes) informaram não serem surpreendidos por nenhum pensamento pessimista ou suicida durante as 12 semanas de terapia.

Os autores responsáveis pelo estudo destacam o quanto é importante avaliar pessoas depressivas e, ao mesmo tempo, buscar nelas os sinais da apneia do sono; cabe questioná-las sobre seus hábitos noturnos: saber se eles costumam roncar bastante, ou têm pausas na respiração enquanto dormem, ou sentem cansaço na manhã seguinte etc.

Referência bibliográfica:
[1] https://www.sciencedaily.com/releases/2015/09/150922115645.htm

Comentários

Leia também...

Música ajuda a dormir?

Dentre diversos conselhos para dormir melhor, podemos citar uma rotina relaxante. Em outras palavras, trata-se de optar por hábitos simples antes de dormir, como a leitura de um livro, alguns minutinhos de ioga ou apreciar a melodia de uma doce canção. Também é recomendável praticar a atividade escolhida todos os dias, levando em consideraç&ati... Leia o artigo »

18/01/2014

Falta de sono está associada à pré-diabetes e alto IMC

Um estudo que analisou participantes asiáticos, sendo liderado pelo Dr. Sirimon Reutrakul - professor associado de endocrinologia, diabetes e metabolismo da faculdade de medicina da UIC – foi publicado na revista Frontiers in Endocrinology, vez que este comprovou que há uma ligação entre hábitos noturnos, pouco sono e diabetes. Pré-diabetes é ... Leia o artigo »

08/10/2018

Mulheres com hábitos diurnos têm menos depressão

Uma experiência científica feita com mais de 32.000 enfermeiras, publicada no Journal of Psychiatric Research, tornou-se a maior e mais detalhada experiência observacional já promovida até agora. Tal pesquisa teve, como objetivo, explorar a ligação entre o cronotipo das mulheres e os transtornos de humor. Apesar de levar em consideraç... Leia o artigo »

10/08/2018

Estimular o cérebro durante a noite melhora a memória

Novas pesquisas feitas em humanos – através de métodos não invasivos – comprovaram que o estímulo cerebral durante a noite resulta em uma melhora expressiva da memória. Esses resultados, publicados no JNeurosci, vieram de um projeto financiado pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos, visando entender melhor todo o processo de consolidaç&... Leia o artigo »

14/08/2018

Estudo mostra que memória tem um fascinante efeito no sono

A memória é prejudicada quando não temos uma boa noite de sono. Porém, dormir o suficiente e ter um sono de alta qualidade é essencial para transformar a memória, que de curto-prazo passa a ser de longo-prazo.  Sabemos como o sono afeta a memória, mas não ainda não sabemos como a memória afeta o sono. De acordo com uma teor... Leia o artigo »

25/01/2015