'Dormir bem é um verdadeiro luxo para a vida.' Dorminhoco.com

Como o Dramin mudou minha vida

Famoso no Brasil, o Dramin é amplamente usado além do seu principal objetivo: tratar náuseas, vertigem, tontura e vômito. Este medicamento, que pode ser comprado sem receita médica, é usado para ajudar a dormir, e isso o tornou conhecido.

Quem já usou, sabe: o remédio deixa a pessoa bem sonolenta, ajudando-a a pegar no sono com nenhum ou poucos efeitos colaterais, dependendo da pessoa. O efeito, geralmente, aparece após 30 - 50 minutos. As indicações do Dramin são:

  • Alívio ou eliminação de náuseas e vômitos na gravidez
  • Prevenção de enjoos em viagens marítimas, terrestres ou aéreas
  • Náuseas e vômitos pós-tratamento radioterápico e em pré e pós-operatórios, incluindo vômitos pós-cirurgias do trato gastrintestinal
  • Tratamento de vertigens em geral
  • Tratamento das labirintites

Porém, é um medicamento muito indicado por profissionais para ajudar a dormir e/ou no tratamento de insônia.

O problema (pelo menos, para mim) é o vício que o remédio pode causar. Por não manter horários regulares e por causa do barulho da vizinhança, eu tinha problemas para dormir e, então, optei em começar a usar Dramin.

No começo foi excelente; bastava um comprimido com um copo de leite morno e, enfim, pegava no sono rápido. Depois, eram dois comprimidos e, no final, após aproximadamente um mês usando, já precisava de 4 comprimidos. O único efeito colateral que eu tinha era boca seca.

E, mesmo tomando quatro comprimidos, o sono não era muito longo. Digo, dormia 7 horas no máximo, uma quantidade razoável, embora não fosse o bastante para mim. Ao chegar à última cartela, resolvi parar e melhorar meus hábitos durante o dia a fim de ter um sono melhor e poder ser mais produtivo. Essa é uma relação das coisas que tenho feito:

  • Manter horários regulares para dormir.
  • Não cochilar em qualquer horário do dia. Caso opte pela soneca, no máximo 20 ou 30 minutos.
  • Para cansar: exercícios físicos todos os dias da semana (às vezes até fim de semana).
  • Evitar café depois das 16:00 (a cafeína demora até 12 horas para sair do corpo).
  • Evitar muita gordura, sal e açúcar. Manter uma alimentação saudável.
  • Que a última refeição do dia seja bem leve.
  • Televisão? Só no almoço. À noite opto por ler livros.
  • Instalar f.lux no meu notebook e aplicativo similar no celular.
  • Caso haja mudanças no horário de dormir, em decorrência de viagens, problemas diversos ou seja lá o que for, nunca optar por remédios para dormir, e sim, suplementos naturais para dormir.

Resultado:

  • Mais produtividade.
  • Menos procrastinação.
  • Melhor concentração e foco.
  • Bom humor.
  • Corpo em forma.

Manter essa rotina, na minha opinião, é extremamente saudável. No início foi complicado, principalmente a respeito da alimentação, não foi de um dia para o outro. Mas uma vez que você esteja nela, sua vida apresenta uma melhora significativa. 

Em especial, acredito que meu sono também melhorou, pois as últimas refeições são ricas em triptofano (geralmente claras de ovo, banana e aveia). Este aminoácido se converte em serotonina, que relaxa os músculos e ajuda induzir o sono.

Esse foi minha maneira de substituir o Dramin e aqui estão outras 25 dicas para ajudar a dormir melhor.

Postado em Remédios e Relatos no dia 20 de Abril de 2014 e última atualização dia 15 de Julho de 2018

Comentários

Leia também...

Como o Dramin mudou minha vida

Famoso no Brasil, o Dramin é amplamente usado além do seu principal objetivo: tratar náuseas, vertigem, tontura e vômito. Este medicamento, que pode ser comprado sem receita médica, é usado para ajudar a dormir, e isso o tornou conhecido. Quem já usou, sabe: o remédio deixa a pessoa bem sonolenta, ajudando-a a pegar no sono com nenhu... Leia o artigo »

20/04/2014

Entenda mais sobre dramin, dramin B6 e nausicalm B6

Muitos leitores tem caido aqui no Dorminhoco procurando informações sobre o Dramin, principalmente depois do meu relato de uso, considerando ainda o vício que o remédio causou. A dúvida mais comum dos leitores é se o remédio da sono, isso já foi esclarecido, dá! Mais há outras dúvidas também sobre qual é o m... Leia o artigo »

04/05/2015

Remédios para dormir - Quando usar?

Remédios para dormir: provavelmente você usa, usou ou conhece alguém que os use. É fácil consegui-los e seus efeitos são rápidos, motivo pelo qual esse tipo de medicamento se tornou um dos mais vendidos do mundo. Mas você sabe quando é a hora certa de começar a usá-los? Apesar desses remédios serem de grande ajuda na... Leia o artigo »

18/01/2014