'Paz com Deus e com o próximo: assim o quer o bom sono.' Nietzsche (Zaratustra)

Como funciona nosso cérebro durante o sono?

Capa post - Como funciona nosso cérebro durante o sono?

Texto: Postado em Curiosidades por Caio Cesar no dia 28 de Fevereiro de 2020 .

Estudar o sono atrai nosso olhar para o corpo humano. Daí, notamos que dormir não é, em hipótese alguma, uma atividade inerte: livre de movimentos e reações – não!

Se há vida, naturalmente há processos fisiológicas, graças ao trabalho de certos órgãos, dentre os quais falaremos, neste artigo, sobre o cérebro e seu funcionamento durante o repouso noturno. Você também conhecerá cinco dados acerca deste tema!

Boa leitura!

1 - Como funciona nosso cérebro durante o sono?

O cérebro pode ser responsável por duas formas de sono: o sono de ondas lentas, conhecido como sono profundo, e o tradicional REM (Rapid Eye Movement), que já foi abordado aqui, em nosso blog.

Cabe destacar que o sono de ondas lentas é o mais comum. Ele é caracterizado por um fluxo cerebral, que segue devagar através de grandes ondas. Assim, os músculos do corpo relaxam e a respiração, mostrando-se profunda, perde velocidade. São condições que favorecem bastante a recuperação do corpo e da mente após um dia atarefado.

Quando adormecemos, nosso cérebro não suspende suas atividades de maneira rápida. Pelo contrário. O total repouso cerebral se dá através de etapas, todas muito bem divididas e orquestradas.

O sono tem início a partir de uma área específica do cérebro e, nela, surge o sono de ondas lentas. Estudiosos [1] possuem provas que evidenciam dois grupos de células, isto é, o núcleo pré-óptico ventrolateral, localizado no hipotálamo, e a zona parafacial, encontrada no tronco encefálico. À medida que estas células são ativadas, desencadeia-se a perda de consciência.

Já o sono REM é controlado por um pequeno grupo de células, situado no tronco encefálico, que se chama núcleo locus ceruleus. Se estas células são afetadas, as pessoas que sofrem este dano não experimentam a paralisia muscular associada ao sono REM, causando-lhes transtorno de comportamento. Trata-se de uma condição grave que afeta a qualidade dos sonhos tidos nesta fase.

2 - Cinco habilidades especiais do cérebro durante o sono

2.1 - Toma decisões

Sim, tomar decisões! Sabe como? Determinado estudo [2] observou que, durante o sono, nosso cérebro realiza estímulos complexos. São estímulos que nos auxiliam na tomada decisões quando estamos despertos. 

Mais: homens e mulheres participaram de uma experiência interessante. Foi solicitado a eles que classificassem palavras que se encaixavam em diferentes categorias. Eram palavras que faziam referência a animais ou objetos, por exemplo. À medida que escutavam cada palavra, os participantes indicaram suas respectivas categorias ao pressionar o botão esquerdo ou direito.

Contudo, foi dito aos participantes que continuassem a referida atividade ou simplesmente dormissem (eles se encontravam em um quarto escuro). Todos dormiram, mas ainda assim os pesquisadores continuaram lançando novas palavras pertencentes às mesmas categorias. Os aparelhos de monitoramento cerebral constataram que o cérebro dos participantes, mesmo durante o sono, continuou enviando estímulos à função motora, criando respostas aos botões da direita ou esquerda.

No entanto, após acordarem, os participantes não se lembravam mais das palavras que haviam escutado.

2.2 - Armazena recordações

A gente até pode estar dormindo, mas o cérebro continua trabalhando! Desta maneira, ele pode criar vínculo entre recordações antigas e recentes. É um fenômeno que ocorre tanto durante a fase REM quanto o sono de ondas lentas. Lembre-se que a ausência de descanso pode afetar o hipocampo, área cerebral responsável pela criação e consolidação da memória.

Não é por acaso que o sono é muito importante para a memória, pois ele beneficia o processo de aprendizagem, de modo que, mais adiante, podemos nos recordar de alguma informação de longa data.

2.3 - Reforça a criatividade

Um estudo feito em 2007, pela Universidade de Califórnia, descobriu que o sono pode promover novas conexões cerebrais – isso mesmo! O que mostra que 33% das pessoas, ao acordarem, possuem maior chance de realizar conexões entre ideias que parecem ser distantes - eureca!

Por falar em criatividade, nosso blog disponibiliza um artigo no qual apresentamos cinco atividades artísticas que estimulam o sono. Reserve alguns minutos para conhecê-las!

2.4 - Elimina toxinas

Foi descoberto que o cérebro, ao longo do sono, realiza pequenas tarefas revigorantes. Segundo pesquisadores da Universidade de Rochester (Califórnia), o cérebro remove moléculas relacionadas à neurodegeneração. Isto, na verdade, é o resultado de um experimento feito com ratos, e este mesmo teste revelou que o espaço entre as células aumentou durante o tempo em que os ratos estavam inconscientes e, neste intervalo, o cérebro eliminou moléculas tóxicas, acumuladas durante o tempo de vigília.

Se não costumamos dormir o tanto de horas que é recomendável, nosso cérebro não usufrui do tempo necessário para eliminar toxinas, o que aumenta a chance de haver doenças neurodegenerativas, como Parkinson e Alzheimer. 

2.5 - Fortalece a coordenação motora

É sabido que o cérebro armazena informações de longo prazo por meio de componentes chamados fusos de sono. Estes componentes são impulsos breves, intensos e emitidos pelo cérebro durante o sono REM.

Acabamos de resumir, no parágrafo anterior, um processo útil que auxilia o cérebro a armazenar tarefas motoras (dirigir, escrever, dançar...). Assim, estas atividades assumem um caráter automático. Até podemos deduzir que noites bem dormidas podem ser essenciais para aperfeiçoar estas habilidades, não?

Referências bibliográficas:
[1]https://www.scientificamerican.com/article/what-happens-in-the-brain-during-sleep1/
[2] https://www.huffpostbrasil.com/entry/brain-sleep-_n_5863736

Comentários

Leia também...

Diabetes e problemas para dormir

O diabetes é um mal silencioso. Em geral, demoramos para notar os sintomas iniciais: manchas escuras na pele, sede em excesso, visão embaçada, perda de peso sem motivo... Após diagnosticar a doença, o paciente diabético precisa mudar sua rotina, visto que lhe será necessário medir o nível de glicose todos os dias e privar-se de in&uacu... Leia o artigo »

19/11/2018

Maconha ajuda a dormir?

“Eu sempre encontro pacientes que relatam o uso frequente de maconha para dormir”, diz John Cline, psicólogo clínico. Muitos juram que a maconha ajuda a relaxar e a dormir. Nos EUA, clínicas de saúde mental estão cientes que diversos de seus pacientes usam cannabis para dormir, e também parece que pacientes com insônia também ... Leia o artigo »

17/02/2014

Por que dormimos?

Seres humanos precisam dormir, todos sabem muito bem disso. Uma pessoa saudável passa, em média, 36% da sua vida dormindo. Sem o sono, nós ficamos de mau humor, preguiçosos, não conseguimos nos lembrar muito bem dos fatos que colocam nossas vidas em risco. Apesar de conhecermos os problemas relacionados à falta de sono, ninguém sabe&n... Leia o artigo »

28/01/2014

Ler antes de dormir realmente ajuda?

Boas ideias acompanham o sono do leitor que, tradicionalmente, conserva um livro na cabeceira. Páginas físicas ou virtuais: o importante é ler! Sempre mexe com a imaginação conhecer heróis que resistem ao canto das sereias ou veem gigantes em moinhos de vento. Outros leitores, descompromissados, afirmam encontrar nas linhas de qualquer pará... Leia o artigo »

03/12/2018

Como lidar com o nariz entupido à noite?

Nariz entupido: pedra no sapato de muita gente! Pior é quando isso acontece à noite, justamente na hora de dormir. Então, respirar pela boca dificulta a chegada do sono e, assim, tudo parece nos incomodar na cama. Sabemos o quanto isso é desagradável. Mas, pensando nas pessoas que passam por isso, elaboramos um artigo com 25 dicas para lidar com o nariz entupido ... Leia o artigo »

01/02/2019