'Uma boa risada e um longo sono são as melhores curas no livro do médico.' Provérbio Irlandês

Reconhecendo e diagnosticando AOS em idosos

Capa post - Reconhecendo e diagnosticando AOS em idosos

Texto: Postado em Notícias e Estudos por Mateus no dia 21 de Agosto de 2018 .

Recentemente, uma equipe de pesquisadores da Universidade de Michigan promoveu um estudo inédito tendo como objetivo medir quantos idosos sofrem com a Apneia Obstrutiva do Sono, bem como, a frequência com que os profissionais de saúde tratam esses idosos.

Os cientistas recolheram as informações disponibilizadas pelo National Health and Ageing Trends Study (NHATS), vez que esta associação produziu pesquisas que avaliaram o impacto do envelhecimento na saúde e no bem-estar. Essas pesquisas consistiam em 5 entrevistas anuais com idosos desde o ano de 2011, nas quais eram feitas perguntas sobre a saúde dos participantes, capacidades físicas e mentais, condições de vida, atividades diárias, distúrbios de sono e sintomas da apneia do sono.

Entre os 1.052 idosos que participaram da pesquisa, 56% foram considerados em risco de apresentarem o quadro de AOS. Apesar desse grande número, apenas 8% foram avaliados com o estudo do sono (um teste usado para diagnosticar a apneia do sono e outros distúrbios do sono). Dos idosos que foram submetidos ao estudo do sono, 94% foram diagnosticados com AOS e receberam o tratamento com o equipamento de pressão positiva contínua nas vias aéreas (CPAP).

Os autores do estudo são: Tiffany J. Braley, MD, MS; Galit Levi Dunietz, PhD, MPH; Ronald D. Chervin, MD, MS; Lynda D. Lisabeth, PhD, MPH; Lesli E. Skolarus, MD, MS; e James F. Burke, MD, MS.

Fonte: http://www.healthinaging.org/blog/recognizing-and-diagnosing-obstructive-sleep-apnea-in-older-adults/

Comentários

Leia também...

Com a crise, insônia chega a atingir 50% da população

Renda reduzida, consumo menor e o fantasma do desemprego estão fazendo com que brasileiros passem noites em claro. Em tempos de turbulência, insônia pode atingir até 50% da população. Não adianta deixar o quarto escuro, desligar a televisão, rezar ou contar carneirinhos. A crise atual pela qual passa o Brasil tem prejudicado não só... Leia o artigo »

27/06/2016

Apple aposta na monitorização do sono

A gigante da tecnologia com sede em Cupertino, Califórnia, adquiriu a Beddit, fabricante de hardware e software de monitoramento do sono, segundo uma mensagem postada no site da empresa de capital fechado com sede na Finlândia. Não foi revelado o preço de compra e uma porta-voz da Apple preferiu não comentar. A Beddit vende uma tira com sensor a US$ 150 que pode s... Leia o artigo »

12/05/2017

Protetores auriculares podem impedir a perda auditiva

Determinado estudo [1], publicado pela JAMA Otolaryngology-Head & Neck Surgery, analisou a efetividade dos protetores auriculares em situações de perda auditiva temporária logo após o contato com música alta. É um fenômeno prejudicial que vem crescendo a cada ano. Pesquisas realizadas nos Estados Unidos evidenciaram o aumento de 31% na taxa ... Leia o artigo »

15/05/2019

Pouco sono é prejudicial a longo prazo

Descuidos no sono durante a meia-idade aumentam o estresse e a tensão, além de ser prejudicial à saúde depois na velhice, segundo Kathryn Doyle. De acordo com um estudo realizado na Finlândia, trabalhar longas horas e também reduzir as horas de sono podem provocar uma saúde mais debilitada a longo prazo. Durante 26 anos, diversos empresários f... Leia o artigo »

22/11/2016

Crianças que veem televisão dormem menos

Crianças em idade pré-escolar, que passam maior parte do tempo diante da televisão, dormem pouco. Comparando-as àquelas que não têm esse hábito (ou veem pouca televisão), nota-se uma larga diferença no padrão de sono. Esta constatação tem sido analisada pela área de neurociência da Universidad... Leia o artigo »

15/07/2019