'A melhor ponte entre desespero e esperança é uma boa noite de sono.' Joseph Cossman

Por que antialérgicos dão tanto sono?

Pessoas alérgicas sofrem. Aqui, o mal-estar de cada uma é acompanhado por um ou diversos sintomas, como ardência nos olhos, coceira na pele, congestão nasal, dor de barriga... Reações alérgicas são, em geral, causadas por ácaros, picada de insetos, pólen, determinados alimentos etc. O que causa alergia em você?

Segundo dados informativos [1], 30% dos adultos e 40% das crianças, que vivem em solo estadunidense, possuem esse problema. Alergia é coisa séria, e até pode matar!

Nesse artigo, desvendaremos o porquê de certos antialérgicos darem tanto sono. Também orientaremos as pessoas que fazem uso desse medicamento e, após consumi-lo, sentem-se sonolentas, a ponto de não realizarem suas tarefas diárias com a devida atenção.

Boa leitura!

1 - Por que os antialérgicos dão tanto sono?

Antialérgicos, em sua maioria, atuam como sedativos porque conseguem ultrapassar a barreira hematoencefálica (“barreira” que protege o sistema nervoso central). Assim, ele atinge o cérebro, além de tratar a própria alergia. Sentir-se sonolento é, por fim, uma sensação comum após o consumo.

Pode-se dizer que antialérgicos mais antigos são receitados pelo fato de também acabarem atuando como tranquilizantes. Mas trata-se de um efeito que deve ser levado a sério, afinal de contas, não é aconselhável consumir esse medicamento antes de dirigir ou operar máquinas pesadas, por exemplo.

2 - Há antialérgicos que não causam sono?

Sim. Diversos antialérgicos desenvolvidos atualmente não geram sonolência. Eles não causam nenhum efeito sobre o cérebro, mas sim, apenas bloqueiam os agentes danosos que atendem pelo nome de histamínicos, causadores de inflamação, mucosa, coceira etc.

No entanto, outras fontes [2] afirmam que esses antialérgicos mais “atuais” ainda podem causar sonolência em, aproximadamente, 10% das pessoas.

Em caso de dúvidas, consulte o profissional responsável pela sua saúde. Se você está passando por esse quadro clínico, pode ser que ele encontre o melhor tratamento para sua alergia sem que haja efeitos colaterais, como a própria sonolência, diga-se de passagem.

3 - Tratar a alergia e manter-se desperto

No referido tópico, apresentaremos dicas que poderão ajudar você a combater os sintomas alérgicos e manter-se ao mesmo tempo acordado.

  • Como dito no tópico anterior, nem todo antialérgico causa sono. Sob orientação médica, busque antialérgicos mais atuais, optando por aquele que não causará sonolência.
  • Opte por antialérgicos em forma de aerossol nasal, pois eles oferecem menor risco de sonolência. Atenção! É preciso usar esse tipo de antialérgico com precaução, ou seu uso excessivo causará sérios danos à saúde, além do próprio vício. Previna-se!
  • Caso você prefira tomar antialérgicos mais antigos, tome-os à noite e não no começo do dia. Isso ajudará você a dormir melhor, incluindo não haver qualquer sinal de sonolência no dia seguinte.  
  • Nunca tome antialérgicos com álcool! Essa combinação pode aumentar a sensação de sonolência.
  • Vale lembrar que certos antialérgicos, durante o repouso noturno, podem causar sonhos vívidos e perturbadores, fator que diminuirá a qualidade do sono.
  • Ao adquirir um antialérgico, leia atentamente as instruções do fabricante e apenas faça a ingestão da dose recomendada. Seja consciente!

Também é válido observar que remédios para gripe e resfriado costumam levar em sua composição anti-histamínicos, isto é, consumi-los também pode causar sono. Ainda é mais prudente fazer uso dessa medicação à noite e antes de deitar-se.

Referências bibliográficas:
[1] https://www.webmd.com/allergies/allergic-reaction-causes#3
[2] https://www.everydayhealth.com/g00/allergies/specialists/why-do-allergy-medications-make-me-sleepy.aspx?i10c.encReferrer=aHR0cHM6Ly93d3cuZ29vZ2xlLmNvbS5ici8%3d&i10c.ua=1&i10c.dv=20
[3] https://qbi.uq.edu.au/brain/brain-anatomy/what-blood-brain-barrier
[4] https://health.usnews.com/health-news/patient-advice/articles/2015/11/04/when-allergy-or-cold-medication-makes-you-drowsy-how-to-stay-alert

Postado em Remédios e Curiosidades no dia 19 de Dezembro de 2018

Comentários

Leia também...

Remédios para dormir - Quando usar?

Remédios para dormir: provavelmente você usa, usou ou conhece alguém que os use. É fácil consegui-los e seus efeitos são rápidos, motivo pelo qual esse tipo de medicamento se tornou um dos mais vendidos do mundo. Mas você sabe quando é a hora certa de começar a usá-los? Apesar desses remédios serem de grande ajuda na... Leia o artigo »

18/01/2014

Entenda mais sobre Dramin, Dramin B6 e Nausicalm B6

Diversos leitores têm descoberto o Dorminhoco quando procuram informações sobre Dramin. Em meio a tantas buscas e resultados, incluindo o conteúdo disponível aqui, deparam-se com meu relato de uso, onde exponho o vício que este remédio me causou.  A dúvida mais comum dos leitores é saber se este remédio dá sono. Isso ... Leia o artigo »

04/05/2015

Conheça os principais remédios para dormir

Boa parte da população sofre em algum momento da vida com problemas para dormir e mesmo que não seja adequado, muitas pessoas recorrem logo aos remédios para pegar no sono rápido. Existem diversos tipos de remédios (leves, moderados, pesados) e também suplementos que podem ser usados para melhorar o sono ou apenas fazer você adormecer. Mas ant... Leia o artigo »

28/03/2015